Voxx Populi

20 jun


Bem amigos do (N) Ativa é nois queiros na fazenda do Orós, ah para, vai me dizer que você não gosta dessa piadinha? Não? Eu adoro ¬,

Antes que vocês me perguntem como foi minha experiência gastronômica com a jaca ainda não a comi, estou dentro do avião; não disse para vocês da ultima vez; mas eu viajo muito e na outra coluna eu estava em Brasília, como isso foi a menos de 72 horas atrás eu não provei jaca mais no fim dessa coluna prometo que no espaço #fica a dica eu conto se recomendo ou não a bendita.

Bem querem saber o que me inspirou para escrever para vocês a sei lá quantos metros de altura? Vamos nois Queir… deixa para lá…¬¬

Vamos falar hoje sobre viajar, uma das minhas paixões e essa a desenvolvi muito cedo pelo o que me lembro desde que com 16 anos eu pegava um circular e ia dar uma volta pela cidade, tá rindo né? Mas eu fazia isso mesmo “de rocha” pegava um ônibus e ia dar uma volta pela cidade, descia no velho Iguatemi comprava um jornal e um café e lia por ali, sempre gostei da solidão de ônibus comuns onde se você der sorte de sentar na janela pode deixar a vida dos outros para trás e ficar remoendo só suas próprias besteiras sem nem olhar seu vizinho. (solitário demais?) Pois eu gosto, dos carros de passeio com aquelas estradas longas, casinhas no meio do nada, pôr do sol, fantásticos em cenários surpreendentes…

As viagens de ônibus interestaduais e olha que quando comecei a viajar eram péssimos sem conforto algum e com janelas que se você abrisse morria engasgada com a poeira e se deixasse fechada morria de sufocamento por vários e quando digo vários são vários mesmo odores que ficavam presos entre sua narina e o inferno¬¬

Ah a droga da minha bateria esta acabando, eu volto para terminar e falar dos aviões como eu queria se não falasse tanto já teria escrito sobre eles…

Algum tempo depois na sala de justiça… Voltei os aviões esses eu comecei a usar a pouco para viajar mais digo com certeza para vocês que os cenários são lindos.

Dá uma olhada nesse link, viajar de madrugada e ver o sol nascer lá de cima, ver as nuvens pesadas passando como uma cortina lá em baixo de você, te separando do resto do mundo, já deu para notar que curto, momentos de solidão né? ¬¬ Mas a vida de aeroportos tem lá suas curiosidades, por exemplo: sabe quando o pessoal vai fazer aquelas demonstrações de equipamentos de segurança sai a seguinte frase “em caso de despressurização da cabine mascaras de oxigênio caíram sobre sua cabeça, respire normalmente…” Pelo amor de Deus, o avião esta caindo, como respirar normalmente? E as comidas?!¬¬ Falta de vergonha na cara isso sim, amendoins?!¬¬ Sou elefante agora?  Conselho: não sente nas poltronas do meio se você tiver a mesma sorte que eu o cara do lado da janela vai sofrer de incontinência urinaria e transformar suas horas de vôo em uma meleca.

Coisas que me incomodam em qualquer viagem, crianças; perdão, perdão, aos que gostam de pirralhos eu também curto só sobrinhos tenho mais de seis, mas em viagem eles enchem o saco choram, gritam, pulam e se forem vizinhos, tipo atrás, na frente, ou do seu lado ai meu cumpade você tá ferrado, o melhor é levar aquele ipod (ou qualquer trem que toque música) e por nos ouvidos assim que autorizado e deixar o vôo rolar; não tenha medo se o avião cair você vai morrer antes de ele tocar o solo então não tem porque se preocupar em respirar normalmente.¬¬

Uma coisa sobre que é mito sobre esses meios de transporte: SEXO DENTRO DELES se esta de ônibus só teria um lugar com privacidade mínima o banheiro e vai por mim amiguinho a menos que você tenha tesão em mau cheiro, não rola, o máximo são uns amassos bem dados, no avião os banheiros são tão pequenos que apesar de cheirosos não há espaço físico, além do pessoal do serviço de bordo que se senta quase na porta dos dois, sobre carros de passeio, bem esse você pode parar na estrada mas pra sua segurança aconselho uma pousada e ai já não é mais dentro do veiculo.¬¬

Um manual que encontrei de posições dentro do avião se tentar depois conta aqui tá?

As malas…

Eu não podia escrever algo sobre viajar sem dar dicas sobre fazer as malas, na verdade podia, mas vou falar assim mesmo, esqueça-se de levar um par de roupas para cada dia, seja esperto e leve roupas que você possa combinar entre si, na hora de dobrar prefira os rolinhos são mais organizados em minha opinião, existem as chamadas peças básicas: calça jeans, camiseta, uma roupas mais social, talvez um vestido, uma calça de pano (eu sei que jeans é um tipo de pano seu ignorante,¬¬ mas falo das tais calças sociais), duas ou três blusas que combinem entre as partes de baixo que você vai levar dois pares de sapato e mais um pra ficar a vontade, roupa intima essa sim uma por dia porque não se sabe se onde você vai ficar poderá lavar isso, ne?! Acessórios: duas ou três coisas que combine entre si, toalha, se não for usada na hospedagem é usada como travesseiro na viagem e uma bolsa com cadeado sempre recomendado, fora isso é perguntar o clima do local para levar roupas apropriadas, levar a maquina na bolsa e não ter medo de parecer turista tirando fotos nos locais mais comuns da cidade visitada e sabe o motivo? VOCE É UM TURISTA. ¬¬ Vai viajar? A trabalho, ver parentes, a sei lá o motivo? Divirta se em alguma parte do caminho se possível em todo ele, boa sorte se for viajar essa semana ou tiver alguma boa historia sobre isso conta aqui.

Por Raquel Dias

#Fica a dica: http://www.souturista.com.br/malas.htm mais dicas para os mochileiros de primeira viagem

#Fica a dica: http://www.ondehospedar.com.br/ para você saber onde ficar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: