Voxx Populi

19 jul

Olá meus queridos, em homenagem as férias para quem mora nessa linda cidade de Fortaleza, eu vou lhes apresentar em palavras um pedaço de-li-ci-o-so para quem gosta de passear por lugares agradáveis, com pouco dinheiro, ou até com nenhum ¬¬ e que lhes deixem de bom humor no final.

Vocês podem sair de casa vim para Praia de Iracema, mas antes…

Dar uma passada pela Avenida Monsenhor Tabosa, de acordo com uma das placas nela ” O Maior Shopping a Céu Aberto de Fortaleza”.  Sei não, se for ver bem é um daqueles títulos que são só blá, blá, blá.  Porque se é um shopping, tenho que reclamar com a gerência que falta cinema, banheiros então, é o que mais falta e a limpeza não é lá essas coisas ¬¬, mas como eu estou falando de um passeio de fim de semana, tipo sábado pela manhã o que vai ser legal é o clima de “Quinta Avenida”, várias lojas com preços variados, enfim, para quem ta com uma grana no bolso vale umas comprinhas, para quem não tem,  fica só olhar mesmo, tipo TV de cachorro. ¬¬

Na esquina dessa avenida tem o Seminário da Prainha, uma construção de mais de 100 anos com linhas simples mais bem cuidada, lugar bonito para se tirar foto e otimo para se conhecer um pouco da história da capital.

E por falar em historia, se vocês atravessarem a rua vai encontrar o teatro São Jose e mais um pouco da historia local, no meio da praça vocês encontram um monumento ao Cristo Redentor, alias a praça pelas pesquisas que fiz via Google, tá?! ¬¬ leva o mesmo nome, lembrem-se que estamos fazendo um passeio turístico e conhecer a história do local, tirar fotos nele é educativo, já imaginou que depois disso vocês serão fortalezenses que conhecem uma parte da historia do seu município CARACAS. ¬¬

Continuando seguimos em frente à praça e encontramos o Centro Cultural Dragão do Mar, para os que nunca ouviram falar:

Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura”

Dos equipamentos vinculados ao Instituto de Arte e Cultura do Ceará (IACC), o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura é o maior, com destaque em outras partes do Brasil e até em outros países.

São 30 mil metros quadrados de área para vivenciar a arte e a cultura, com atrações como o Memorial da Cultura Cearense, o Museu de Arte Contemporânea, o Teatro Dragão do Mar, as salas de cinema doEspaço Unibanco Dragão do Mar, o Anfiteatro Sérgio Mota, um Auditório e o Planetário Rubens de Azevedo.

“O Dragão do Mar tem a maior parte de sua programação com acesso gratuito ou com preços simbólicos, com o objetivo de formar platéia nas diversas linguagens artísticas.”

Vocês irão ver locais para tirar fotos de montão lá, peguem a programação e vejam se podem prestigiar, tem muita coisa realmente boa, e se vocês olharem lá em baixo, na praça irão encontrar vários barzinhos que de noite fervem, eu particularmente não gosto muito de ir à Praça do Dragão do Mar à noite e olha que moro perto, vou dizer os problemas que encontro:

1 – Os preços são meio salgados,

2 – Têm muitos moradores de rua, que foi? Está achando feio eu reclamar dos menos favorecidos? Então quero que me digam sinceramente, vocês não se sentem menos seguros quando um menino de rua passa olhando para as bolsas da mesa? Ou incomodados quando de 5 em 5 minutos alguém para do seu lado para pedir ajuda ou comida?

3- Se você é mulher e andar na praia de Iracema à noite pode ser perigoso ou simplesmente constrangedor , principalmente em alta estação porque os nossos “visitantes” não sabem identificar a diferença entre as profissionais da noite e as moças que estão apenas se divertindo. ¬¬

Bom, mas isso é à noite e nosso passeio é pela manhã de sábado, estamos agora indo em direção a praia de Iracema um dos pontos do litoral municipal próprio para banho, daí temos a Ponte Metálica, não, não a bonitinha que vem logo na nossa cabeça, essa não é Ponte Metálica é dos Ingleses, veio depois da Metálica, a mais antiga tem sua estrutura ainda de pé apesar de um pouco deteriorada. Existem muitas historias para contar sobre ela que tem a vista de uma paisagem lindíssima, mas fica a dica como lá é um dos poucos locais dessa praia que não dispõe de iluminação pública, e o tempo para estar na Ponte Metálica é até o maravilhoso pôr do sol.

Entre as duas pontes tem um mar calmo perfeito para pegar um bronze e levar crianças, ou ler aquele livro ao som das ondas, ou ir bem acompanhado.

Mais a frente podemos encontrar a já falada Ponte dos Ingleses lá se reúne uma moçada que toca violão, tem local para lanchar, tomar sorvete, mas atualmente está em reforma, das duas pontes é possível, se você tiver sorte, ver golfinhos, estamos em época dessa visita ilustre se não me engano e o horário de aparição mais comum é a partir das 16:00.

Em frente à Ponte dos Ingleses temos o Pirata Bar, só abre na Segunda-Feira mais é lindo para tirar fotos e quem tiver a oportunidade deve um dia ir ao Pirata, eles fazem você passear pelo país todo com as atrações que levam à “Segunda Mais Louca do Mundo”, bom demais.

Ainda podemos ver o Estoril que guarda mais historia do Ceará, pena que está fechado também e não se pode entrar, mais o prédio é lindo e acreditem muito da cena cultural desse estado já se passou ali.

Isso meus queridos, dá para vocês no mínimo quatro horas de diversão, cultura e arte a preço zero ou muito barato em Fortaleza, já conheceu esses lugares? Não?! Faça isso! Essa cidade também é sua.

Raquel Dias – turista por um dia nas ruas da minha cidade.

#Fica a dica: http://www.dragaodomar.org.br/index.php   Programação e todo o histórico do Dragão do Mar.

#Fica a dica: http://fortalezanobre.blogspot.com – Fotos e fatos de Fortaleza antiga, vale pra você ver e ir visitar.

#Fica a dica: http://pt.wikipedia.org/wiki/Semin%C3%A1rio_da_Prainha     a história do Seminário da Prainha.

Anúncios

2 Respostas to “Voxx Populi”

Trackbacks/Pingbacks

  1. Voxx Populi « - 10/08/2011

    […] https://nativaperiodico.wordpress.com/2011/07/19/voxx-populi-6/ […]

  2. Voxx Populi « - 27/07/2011

    […] assim, você pode ir a pé para conhecer a orla, se a opção escolhida for esta, desça ali no Dragão do Mar que já falamos no artigo da semana passada e vá ate o calçadão da Ponte dos Ingleses, que foi […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: