Archive | agosto, 2011

Eu Vivo Mal Humorada

31 ago

Crianças e Idosos não Combinam com Coletivo

Terminantemente transportes públicos não foram feitos para crianças. Essa semana eu vinha na topic quando me deparei com uma cena, à mãe de pé com filho, que devia ter uns cinco anos e o menino estava tremendamente incomodado com a situação, a mãe já perdendo a paciência porque o menino não fica quieto. Agora vamos analisar a situação, a topic lotada, abafada, na altura da criança não tem janelas, monte de adultos em cima dele. E para terminar ele vinha em pé a viagem toda, porque ninguém teve a sensibilidade para ceder o lugar para a mãe com uma criança, que não era de colo, mas também se cansa.

Agora vejamos, quando eu tinha uns oito anos, fui empresada em um ônibus. Chorei porque me machucaram, mas numa lotação ninguém quer saber se é criança, adulto, idoso. Pode até ser moribundo que povo está passando por cima. O importante é minha vez. E como minha amiga Raquel Dias comentou em sua coluna essa semana, parece que aquele é o último ônibus da face da Terra e as pessoas vão morrer se não pegá-lo. Tem uns termos no RPG para alinhamento da pessoa que caiem bem às vezes e nesse caso, as pessoas dentro de coletivo se tornam Caotic Evil!

Continue lendo

ESTILO DE VIDA NERD

31 ago

Daytripper

(ou As Muitas Mortes de Brás)

A vida é feita de inúmeras escolhas e possibilidades, a cada minuto um leque de futuros surgem a nossa frente e a cada decisão eles se desintegram, deixando uma parte de nós para trás ou o todo mesmo deixa de existir, morre. Isso é o que descobre Brás Domingos, um brasileiro do sul do país, editor de obituário de um jornal, além de escritor nas horas vagas. Um homem sempre em busca de seu lugar na existência, um viajante.

Daytripper é a última grande obra dos famosos irmãos Gabriel Bá e Fábio Moon, e por ela acabaram de ganhar o Eisner 2011 de Melhor Minissérie, totalizando quatro Eisners em seus currículos. Quando comecei a escrever esse texto, fui motivado pela sensação forte de reflexão que a obra deixou em mim após lê-la.

Continue lendo

Appetizers – Cultura 2 em 1

30 ago

“A Filosofia do Amor” é o tema de abertura do Seminário Casa de Filosofia

“A Filosofia do Amor” é o tema de abertura do Seminário Casa de Filosofia, na próxima quarta-feira (31), de 16h às 19h, no Auditório Cândido Pamplona, do Centro de Tecnologia da Universidade Federal do Ceará, no Campus do Pici.  A palestra inaugural será dada pelo Pró-Reitor de Graduação da UFC, Prof. Custódio Almeida, do Curso de Filosofia do Instituto de Cultura e Arte (ICA).

Segundo o palestrante, “como se trata de um tema híbrido, marcado por uma presença, ao mesmo tempo ausente, ou por uma ausência, ao mesmo tempo presente, o amor se constitui em tema estritamente filosófico, que somente a experiência é capaz de retirar da penumbra, do seu esconderijo astucioso e do anonimato. A filosofia, então, discute essa natureza teórico-prática, escorregadia, polifônica, que permite o filosofar”, afirma.

Continue lendo

Voxx Populi

30 ago

Nos últimos meses me mudei para as proximidades da Praia de Iracema, próximo ao Dragão do Mar acho lugar lindo cheio de pontos históricos, já escrevi até algumas vezes sobre o entorno da Praia de Iracema aqui no (N)Ativa mas hoje não vai ser sobre as belezas desse entorno que falarei mais de um problema que convivo todos os dias e aposto que não é só aqui, o problema? O Lixo e seus destinos.

Bem na esquina da minha casa, colado no muro do seminário da prainha é uma espécie de aterro, saca aqueles locais onde a galera joga de tudo? Entulho de construção, sofá velho, madeira, pedaços de árvore, uma vez vi ate o resto de um ventilador velho, ai o ciclo é assim:

Continue lendo

Cajon de Sastre – Signo de Virgem

29 ago

Tão diferente do signo tão fogoso que o precede, o signo de Virgem é um signo de Terra, negativo, estéril, humano e governado pelo planeta Mercúrio. Mercúrio rege o intelecto concreto, o raciocínio. Mas diferentemente do signo de Gêmeos, também regido por ele, este é um Mercúrio/Terra, pé no chão.

Os virginianos são geralmente pessoas devotadas, trabalhadoras, verdadeiras formiguinhas da natureza, sempre prontas a ajudar. Não é um signo fácil pois simboliza o trabalho subalterno, a classe operária, os trabalhos ligados à hospitais e saúde pública, muitas vezes aos laboratórios de pesquisa. De fato o virginiano tem um intelecto concreto muito privilegiado e é capaz de trabalhos minuciosos e laboriosos, brilhantes eu diria. O signo de Virgem rege os animais domésticos e não é raro termos veterinários deste signo, assim como médicos de medicina geral.

Continue lendo

Meu Walkman

29 ago

Michael Jackson

Primeira vez que ouvi Michael Jackson na minha vida eu tinha menos que sete anos. Foi num Domingo no clipes do Fantástico. Eles iam apresentar Thriller pela primeira vez para Brasil e eu morri de medo do clipe, sai correndo da sala e fui para meu quarto. E quando ouvi a risada tampei o ouvido. rs rs rs

Coisa de criança mesmo, aqueles zumbis me metiam medo para caramba, mas cresci e virei fã mesmo dele, adorava sua dança, sua música. Ele realmente foi astro do pop que pelo menos durante o anos 80 e 90, fez muito sucesso. E não conheço ninguém que não houvesse gostado dele naquela época. Fiquei muito triste quando soube por um amigo que ele havia morrido e corri para Tv.

Sei que seu brilho estava em baixa fazia algum tempo devido escândalos e sua mudança física e havia muita critica, mas para mim ele nunca deixou de ser aquele cara fantástico de Bad, Thriller, Billie Jean, Beat It e Moonwalker! E Hoje dia 29 ele completaria 53 anos e em Junho desse anos ele fez 2 anos de morte, eu nem acredito!

Continue lendo

Cultura de Bolso

28 ago

E se ninguém ficasse bêbado?

Super Interessante Julho 2011 por Bruna Maia e Rodrigo Rocha

Beber, cair e, sim, levantar. Porque a ressaca estaria demitida de nossa vida. O dia seguinte à bebedeira não teria sobe e desce no estômago, cabeça latejando nem aquele sono de dar vergonha na firma. Só restaria uma secura na boca, porque álcool acaba com a hidratação do corpo. E, com o tempo, algumas marcas no fígado, que seguiria suscetível aos efeitos da birita. Mas isso para quem continuasse a consumir álcool. “As bebidas alcoólicas atraem as pessoas principalmente pelo relaxamento e pela extroversão que proporcionam”, diz Paul Roman, pesquisador do departamento de sociologia da Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, e especialista no estudo do alcoolismo.

Sem o efeito do pilequinho, o álcool competiria de igual para igual com sucos, refrigerantes e outras bebidas em quesitos como gosto e refrescância. E você talvez preferisse trocar a vodca por água de coco no boteco. “A vinicultura, por exemplo, só se desenvolveu porque a bebida levava a um estado de consciência que permitia às pessoas se soltar, debater ideias. Não pelo aroma ou pelo gosto”, diz a enóloga Alexandra Corvo.

Continue lendo

%d blogueiros gostam disto: