Com a Pena e Tinteiro

4 ago

Latente

A virtude é atitude de quem consome o vazio da vida, o sentido some nas palavras, não há poemas, não há nada.

A dor coloca a falta do apego em forma de saudade e o cinismo transcende o limete do desapreço.

O contentamento se ilude com a medida do aconchego e a ternura imita um sentimento falso.

O silencio transborda a casta lembrança da verdade deixando a nítida loucura formar carência.

Não se pode tocar na sinceridade que eleva a pequena necessidade da calma, se entregando a um desejo abstrato da casualidade.

Mas não se deixe abater, haverá sempre um lugar cheios de pensamentos. Folhas que remendarão sua profunda amargura inconsciente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: