Appetizers – Cinema

7 ago

Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2

 

Em fim o fim, para todos os leitores do Harry Potter, como eu, esse fim era aguardado e ao mesmo tempo, não. Sofremos quando os livros terminaram e nos agarramos nos filmes, e agora sofreríamos novamente sabendo que a saga do bruxinho que conquistou milhares de fãs, iria acabar novamente. Sei que têm muitos amigos meus que acham infantil demais Harry Potter, mas mesmo sendo algo para o público adolescente que o acompanhou desda infância e esse é fator importante que fez com que vários jovens se voltassem para a leitura, e isso para mim já é algo nobre da parte da escritora de Harry Potter. Afinal muitos dos meus professores de literatura dão a mão a palmatoria e o mérito a J.K. Rowling por ter conseguido esse feito de tantos jovens se interessarem por literatura.

Além de ver o filme, procurei ler outras criticas a respeito do mesmo para não acabar pecando por ser fã quando fosse escrever esse post. Bom, pelo que li, vejo que todos concordam que o diretor seguiu a risca o livro e conseguiu ser fiel o mais que pode, isso é algo extraordinário, afinal vemos tantas copias de obras literárias sofríveis no cinema. Posso até dizer que vale a pena comprar os 8 filmes e por falar em 8, alguns amigos meus reclamaram porque decidiram dividir o sétimo livro em duas partes, como eu citei no meu blog de cinema, o Cinema na Lata, entendo porque dessa decisão, claro que foi o marketing usando para levar mais fãs aos cinemas, afinal porque não prorrogar algo que dar lucro? E para mim em particular não estragou em nada a história.

Cheguei a ver em algumas criticas que o diretor pecou porque não soube aproveitar algumas cenas, como no Omelete: “O grande desfecho, porém, desmorona perante a imaginação do leitor. Cenas importantes, como a morte de Belatriz Lestrange (Helena Bonham Carter), estão entre as piores. Essa, especificamente, entra sem qualquer antecipação dramática e perde-se assim um dos grandes (e mais aguardados) momentos da saga. Outra que pareceu apressadíssima é a volta de Harry Potter, que rola do colo de Hagrid (que estava onde mesmo?) em uma cena quase inadvertidamente cômica. Com o discurso de Neville acontecendo simultaneamente, escapa aos realizadores uma bela oportunidade de criar uma elipse ali, remover alguns embates vazios que ocorrem a seguir, e trazer o final ao momento que parecia pronto para recebê-lo”. Penso que vendo por esse prisma, até seria algo valido para deixar o filme melhor. Mas sinceramente, admito que gostei mesmo e fiquei satisfeita com desfecho de Harry Potter, principalmente com a cena final deles deixando os filhos na estação de trem. Outra coisa, antes de ler esse ultimo livro, vieram me dizer que o Harry morria no fim, coisa que para quem apenas está lendo não é nenhum absurdo. Mas agora tenho certeza que todo mundo sabe o final antes de ir ao cinema, então não contei nenhum spoiler.

Recomendo demais esse filme, aproveite para ver no cinema mesmo, porque a Tv vai perde muito da magia dele.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: