Appetizers – Teatro

2 set

XVIII FESTIVAL NORDESTINO DE TEATRO DE GUARAMIRANGA

Uma cidade com apresentações teatrais por todos os lados. É no que vai se transformar Guaramiranga/CE este ano, de 03 a10 de setembro, com o XVIII Festival Nordestino de Teatro – FNT. O teatro Rachel de Queiroz pequeno, praças, ruas e outros espaços não convencionais vão receber os espetáculos da Mostra Nordeste, Mostra Paralela, Palco Giratório/SESC, Oi Esquetes, FNT para Crianças, Guaramiranga em Cena e Mostra Ceará Convida, com grupos convidados do Brasil e Argentina.

Realizado pela Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga – AGUA, o FNT terá, em oito dias de programação,espetáculos teatrais e de cultura popular, contação de histórias, shows, cortejo, além do Programa de Formação com ciclo de debates e encontro de artistas pesquisadores, que este ano será focado no tema “O teatro e a poética do espaço”. A ideia é contribuir para a troca de conhecimentos nos campos das artes cênicas, promovendo um forte trabalho de intercâmbio cultural em suas mais diversas expressões.


O FNT de Guaramiranga nasceu, em 1993, como resultado de uma tendência natural da população local para as artes cênicas, manifestada desde o início do século passado. Juntou-se a isso a idéia de se criar um projeto cultural de desenvolvimento social e econômico para o município e como um vetor de fortalecimento para o teatro nordestino.

No começo do século passado, quando os nordestinos do Ceará valiam-se da serra para se refugiarem da seca e descobriam no café uma grande fonte de riqueza e crescimento econômico, em Guaramiranga o teatro era o “programa cultural” que animava comunidades ou entretinha veranistas. Havia as tradicionais “noitadas” de Dramas, que marcavam o encerramento da colheita do café, da novena de São Francisco de Assis ou da festa da Padroeira Nossa Senhora da Conceição. Era tradição também o Teatro de Revistas voltado para o entretenimento dos veranistas que, fugindo da estiagem sertaneja, passavam longos períodos em suas fazendas de café na serra. Estes espetáculos eram organizados por pessoas da família Queiroz e traziam em papéis secundários a então menina Rachel de Queiroz.

Com a decadência da produção de café e o êxodo de seus produtores para a capital, o teatro perdeu sua função de entreter veranistas e passou a ser o principal programa de animação comunitária de Guaramiranga. Por muitas décadas, os Dramas fizeram-se história pelas mãos de Dona Somária, Dona Zetinha, Dona Zilda e Dona Edneusa, que mereceram memoráveis noites de aplausos pelos espetáculos que ensaiaram e realizaram. Do movimento que fortaleceu os dramas, originou-se o primeiro grupo de teatro de Guaramiranga, o Grupo Cangalha, que iniciou um novo ciclo de vivência cultural: o ciclo de “ir ao teatro”. Utilizando-se de uma linguagem meso-circense, montando peças de Martins Pena, Molière e de sua própria autoria, o Cangalha – talvez, sem saber – experimentou o teatro de rua, o teatro do absurdo, o teatro de revista e, sobretudo, o teatro social, fazendo-se, por anos, a mais conhecida e aplaudida expressão artística da cidade.

Guaramiranga conheceu o teatro e o escolheu para ser o objeto de sua maior festa: o Festival Nordestino de Teatro, idealizado pelo então Secretário da Cultura do Município, Dr. Humberto Cunha, merecendo o apoio do prefeito da época, Dráulio Holanda. Todo o processo iniciado por Humberto Cunha passou, imediatamente, a ser responsabilidade da comunidade do município que, pelo trabalho da Prefeitura Municipal e da Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga (AGUA), conquistou a parceria da Secretaria da Cultura do Estado – SECULT e garantiu o crescimento do FNT como um projeto cultural importante para Guaramiranga, para o Ceará e para o Nordeste.

Agora, 18 anos depois, o FNT mantém seu foco cada vez mais forte na formação e na discussão do fazer teatral por diretores, atores, gestores e apreciadores das artes cênicas. Mais uma vez apostará na diversidade e descentralização da sua programação, além do investimento consistente na formação. Por ser um evento sem fins lucrativos o FNT procura ocupar todos os espaços possíveis na cidade dando oportunidade para que um grande número de pessoas usufrua desse rico momento cultural, levados aos palcos por grupos atuantes locais, regionais e nacionais. Gerando um rico panorama das artes cênicas. A seleção do festival recebeu 72 inscrições de 67 companhias da região, com espetáculos voltados para espaços não-convencionais, teatro de rua, performances, contação de história, circo-teatro, teatro popular e palco italiano. O critério utilizado pela comissão de seleção foi da qualidade do trabalho teatral, diversidade estética e como estes investigam o teatro de rua.

O XVIII FNT é uma promoção do Governo do Estado do Ceará, via Secretaria da Cultura/Lei Estadual de Incentivo à Cultura. Tem patrocínio da Oi e apoio cultural do Oi Futuro, assim como apoio institucional da Prefeitura Municipal de Guaramiranga, Theatro José de Alencar e Fecomércio/Sesc-CE. Durante o festival as águas vão rolar e será realizado o X Encontro de Artistas Pesquisadores do FNT de Guaramiranga. Ao lado de minha colega Hebe Alves estarei por lá dando uns palpites e mostrando o vídeo Ariane Mnouchkine – A aventura Théâtre du Soleil.

O FNT contará com espetáculos teatrais e de cultura popular, contação de histórias, shows, cortejo, além do programa de formação com ciclo de debates e o X Encontro de Artistas Pesquisadores, que este ano será focado no tema “O Teatro e a Poética do Espaço”, cuja finalidade é de realizar trocas de conhecimentos nos campos das artes cênicas e promover o intercâmbio cultural. Os palcos serão o teatro Rachel de Queiroz Pequeno, Mosteiro Franciscano, Praças, Ruas e outros espaços não convencionais.

Como proposta cultural bem sucedida, o Festival representa um projeto de desenvolvimento, difusão e reflexão sobre o teatro nordestino. Tem se firmado como um importante espaço de divulgação das artes cênicas da região, consolidando-se na construção de sólidos e permanentes destinos para a fruição, reflexão e a expressão da arte teatral.

Sua diversificada programação, que conta com Mostra Nordeste, Mostra Paralela, debates, seminários, oficinas, cursos e palestras, fazem do evento um eficaz instrumento para o desenvolvimento cultural, não apenas da categoria teatral, mas de toda comunidade nordestina.

SERVIÇO XVIII FESTIVAL NORDESTINO DE TEATRO DE GUARAMIRANGA
De 03 a 10 de setembro em Guaramiranga – Ceará
Tel.: (85)3321.1405 e 8722.2677
Maiores informações: fnt2011@gmail.com e agua@agua.art.br. http://www.agua.art.br.

Tudo isto este ano é aberto ao público e inteiramente grátis.

Baixe o folder da Programação em PDF

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: