Meu Walkman

10 out

Cyndi Lauper

A Cyndi Lauper para mim foi uma segunda Madonna, tão popular quanto, nos anos 80 ela arrasava, sempre gostei de suas músicas. Comecei a ouvi-la sozinha mesmo Girls Just Want to Have Fun estava estourada nas rádios,  e ela logo em seguinda participou de filme que foi muito importante na minha infância Os Goonies, aparece simplesmente Cyndi Lauper na televisão de um deles cantando a música do filme. Muito bacana.

Claro que seu estilo não era tão parecido assim com da Madonna, mas as garotas gostavam de se vestir punk e se mostrarem agressivas nos anos 80. Com estilo independente e bem enigmáticas. Ela era mais divertida, eu dançava todas suas músicas com minha amigas na varanda da minha casa. Adoro True Colors, She Bop, Change of Heart, All Through the Night, I Drove All Night, Into The Nightlife, Girls Just Want to Have Fun, Time After Time e claro a música do filme, The Goonies R Good Enough.

História

Juventude e início de carreira

Filha de Fred e Catrine Lauper, Cyndi Lauper nasceu e cresceu em Ozone Park, no bairro de Queens em Nova Iorque.  A mãe de Cyndi usava o nome artístico de “Catrine Dominique” para os vídeos musicais de Cyndi em que ela apareceu.  Seu pai era descendente de alemães e suíços e sua mãe de americanos com italianos (da Sicília). Cyndi tem uma irmã mais velha, que é lésbica e se chama Ellen, e um irmão, este chamado de Fred.

Depois que seus pais se divorciaram, sua mãe casou-se novamente e depois de algum tempo se divorciou pela segunda vez, e passou a trabalhar como garçonete. Foi durante este tempo que Cyndi começou a ouvir artistas como Judy Garland, Billie Holiday, Ella Fitzgerald, e os Beatles. Sua mãe incentivou a sua autonomia e criatividade. Aos doze anos de idade, Lauper aprendeu a tocar um violão, que sua irmã havia dado a ela e ela começou a escrever suas próprias letras. Ela tinha um grande amor pela arte e pela música, e tentava encontrar maneiras de se expressar por sua arte e música. Mesmo nesta idade precoce, Lauper começou a tingir seus cabelos com diferentes cores e se vestia com roupas radicais. Cyndi foi aceito em uma escola pública especial para os alunos com talento nas artes visuais, mas ela foi retida e, eventualmente, saindo do colégio, ganhando o seu GED algum tempo depois. Na idade de dezessete anos, ela saiu de casa, planejando estudar arte. Sua viagem a guiaria para o Canadá, onde passou duas semanas na floresta com seu cachorro, Sparkle, tentando encontrar a si mesma. Ela acabou no Vermont, onde teve aulas de arte em Johnson State College. Para se manter, ela começou trabalhar em vários empregos.

Em meados de 1970, Cyndi se realizava como vocalista em várias bandas de garagem (como Doc Oeste e Flyer, que continuam a funcionar sob os nomes de Wilson Band Gap, e Blues Band), na área metropolitana de Nova Iorque, cantando hits de bandas como Jefferson Airplane,Led Zeppelin, e Bad Company. Mesmo agora estando cantando em palcos, ela não estava feliz. Em 1977, Cyndi danificou suas cordas vocais e demorou um ano até voltar à cantar. Ela passou por três médicos e os mesmos disseram que ela nunca iria cantar de novo. A professora vocal, Katie Agresta ajudou Lauper à reconquistar sua voz através de exercícios vocais.

She’s So Unusual e o sucesso mundial

Em 14 de outubro de 1983, She’s So Unusual foi lançado e alcançou a quarta posição nos EUA e tornou-se um hit mundial. She’s So Unusual alcançou uma grande popularidade no mundo inteiro. Cyndi se tornou popular entre os adolescentes e os críticos, em parte, devido ao seu estilo diferente junto a uma imagem punk.

Cyndi alterou as músicas que foram lançadas muitas vezes, mudando a letra para que se adequasse a ela. Um exemplo é a canção Girls Just Want to Have Fun , que conquistou 3 discos de ouro e 2 discos de platina, com vendas físicas superiores a 2 milhões de cópias, certificados pela RIAA nos EUA. Segundo ela, a letra original da canção falava de uma menina que queria agradar um homem e, portanto, ela mudou a letra, querendo que a música se parecesse mais com um hino e não como a original, que segundo ela, parecia misógina.

O segundo single do álbum foi a balada Time After Time. Cyndi co-escreveu “Time After Time”, com Rob Hyman. A gravadora não tinha muita fé em Lauper como compositora, mas eles deram a ela a chance de provar que poderia compor muito bem. “Time After Time” foi hit #1 no Hot 100 e no Adult Contemporary. A canção ganhou 2 discos de ouro e 1 de platina nos EUA, certificados pela RIAA, com vendas superiores a 1 000 000 cópias, e foi um dos maiores sucessos de 1984. “Time After Time” foi regravado por mais de 100 artistas. She Bop, foi lançado o terceiro single do álbum. Chegou a #3 no Hot 100 e ganhou certificação de ouro para Cyndi, com mais de 500.000 cópias vendidas, certificados pela RIAA. Este foi seguido por “All Through the Night” que foi escrito por Jules Shear e alcançou a posição #5 na Billboard Hot 100. Uma curiosidade, é que o single não obteve um video clipe e nem uma grande divulgação.

O álbum também inclui um cover do O Brains, a faixa Money Changes Everything que alcançou o número 27 na Billboard Hot 100. Em alguns países, When You Were Mine, um cover de uma canção de Prince encontrada em seu álbum de 1980 Dirty Mind, foi lançada como um single promocional em 1985. Lauper passou 1984 excursionando e promovendo She’s So Unusual. O álbum permaneceu na Billboard 200 por 154 semanas. Até hoje, o álbum vendeu 16 milhões de cópias no mundo inteiro. Em 1985, ela ganhou o prêmio Crystal Film Awards, dado àqueles que são conhecidos por sua criatividade e originalidade.

O vídeo de “Girls Just Wanna Have Fun” fez Lauper um um ícone da MTV. O vídeo era exibido constantemente na MTV e contou com o falecido lutador Lou Albano, como pai de Cyndi. Também no vídeo estão seu advogado, seu empresário e seu irmão, Butch. O clipe ganhou o prémio de Melhor Vídeo Feminino no 1984 do MTV Video Music Awards. Todos os três primeiros vídeos Lauper foram dirigidos por Edd Griles, “Girls Just Wanna Have Fun”, “Time After Time” e “She Bop”.

Os vídeos mostram muitos dos membros da família de Lauper e seu cão. Cyndi também foi capa da revista Rolling Stone, em maio de 1984. A foto da capa tinha sido revertido para dar espaço para o título. Ela também apareceu na capa da Time e Newsweek com o título “Women In Rock”. Durante este período, Cyndi também apareceu na capa da revista People por duas vezes. O vídeo de “Money Changes Everything” foi filmado durante um concerto de Cyndi em Houston, Texas. O concerto foi transmitido pela rádio e HBO, e os fãs foram orientados a mostrar-se vestindo camisetas brancas. O vídeo apresentou uma fã de 14 anos chamada Jennifer subindo no palco e correndo para abraçar Lauper no palco.

Em 1985, Cyndi participou do USA For Africa, mais conhecido pelo single “We Are the World”, que tinha o objetivo de arrecadação de fundos para o combate da fome na África. Durante a gravação da música, os engenheiros de áudio estavam tendo problemas em descobrir o que estava fazendo um “clic” na gravação. Foi descoberto que o que estava causando isso, eram as jóias Lauper. Além disso, em 1985, Lauper ganhou um Grammy na categoria Melhor Aritsta Revelação. No evento, ela apareceu com a estrela do WWE, Hulk Hogan, que esteve como o “guarda-costas.” de Cyndi.

Steven Spielberg tinha pedido à Lauper para ser o diretor musical de seu último filme na época, Os Goonies, um filme sobre o aventureiro procurando por tesouro perdido. Lauper tinha o poder de escolher quem ela queria na trilha sonora, então ela tentou fazer o álbum muito diverso. The Bangles foram apenas uma das bandas que contribuíram para a trilha sonora. Lauper declarou em uma entrevista de 1986 que ela tinha estado à trabalhar 12 horas por dia e tinha problemas ginecológicos. Lauper tinha uma pequena operação e passou algum tempo no hospital. Os médicos disseram que ela precisava de um descanso, impedindo-a de participar no concerto Live Aid.

O vídeo da música “The Goonies R Good Enough” caracterizou muitos astros convidados, incluindo personalidades do WWF como o Iron Sheik, Captain Lou Albano, Roddy Piper, André Giant, “Classy” Freddie Blassie, The Fabulous Moolah, e Nikolai Volkoff, membros do elenco de Goonies, e The Bangles. O vídeo foi dividido em duas partes, tornando Lauper o primeiro artista a ter um vídeo em duas partes. Spielberg ainda havia permitido o seu acesso ao conjunto das peças do filme. O álbum da trilha sonora alcançou a posição #73 na parada de álbuns Billboard 200.

A canção alcançou a posição #10 no Hot 100 em 1985. Lauper recebeu uma indicação de Melhor Performance de Rock Feminino no Grammy para a música B-side “What a Thrill”. Nos bastidores do video clipe, pode ver Lauper fisicamente exausta do trabalho no vídeo. O vídeo foi lançado em duas partes. A primeira parte estreou na MTV antes de Os Goonies ser lançado nos cinemas, e a segunda parte veio depois que o filme tinha sido lançado. Enquanto a música e o cinema tornaram-se clássicos cult dos anos 80, O trabalho na trilha sonora do filme, adiou a gravação do segundo álbum de Cyndi. Ainda em 1985 Cyndi saiu em tour, com sua primeira turnê, chamada Fun Tour. Ela Fez mais de trezentos shows pelo mundo com esta, e uma curiosidade é que as camisetas de Cyndi, vendidas na época por onde a tour passava, eram desenhadas por ela mesma.

1986 – 1988: True Colors

Cyndi lança seu segundo álbum chamado de True Colors, em 15 de setembro de 1986. O álbum debutou na quarta posição na Billboard Top 200. Neste álbum, ela aumentou sua participação tanto na produção, como compositora. Foram convidados para o álbum Angela Clemons-Patrick, Nile Rodgers, Aimee Mann, Billy Joel, Adrian Belew, The Bangles, Ellie Greenwich, e Rick Derringer. Cyndi co-escreveu a maioria das canções contidas no álbum álbum com Essra Mohawk, John Turi, Billy Steinberg e Tom Kelly.

Embora o álbum não foi tão bem sucedido comercialmente como o seu antecessor, que obteve 4 canções no top 5 do Hot 100, este só obteve 3 grandes hits, que foram “True Colors”, que se tornou a segunda música de Cyndi a se tornar hit número 1ª na Billboard Hot 100, “Change of Heart” ( 3ª posição) e o cover de Marvin Gaye, “What’s Going On” (12ª posição). O álbum também incluiu uma canção mais antiga chamada Maybe He’ll Know, um dos singles do álbum Blue Angel. Este álbum, e seu antecessor She’s So Unusual, tiveram os photoshoots fotografados pela fotógrafa Annie Leibovitz.

A canção “True Colors” foi licenciada para a Kodak para uso em seus comerciais. O quarto single do álbum, Boy Blue, tornou-se o primeiro single de Cyndi a ficar de fora do top 40 do Hot 100. O lucro da canção foi doado para intituições de pesquisa da AIDS. O desempenho dos três primeiros singles no Brasil e no mundo foram ótimos. Os video clipes dos 3 primeiros singles do álbum foram exibidos com exaustão na MTV e as faixas tocadas em centenas de rádios pelo Brasil e no mundo. O álbum vendeu 9 milhões de cópias no mundo, 2 milhões nos Estados Unidos e 250 mil no Brasil.[

Em 1986, Cyndi apareceu no álbum de Billy Joel The Bridge em uma canção chamada “Code of Silence”. Lauper também gravou a música-tema do “Playhouse Pee-wee’s”. A estrela do Playhouse, Paul Reubens aparecereceu faixa faixa “911” de “True Colors” como um operador de emergência. Em 1987, David Wolff produziu um filme-concerto de Cyndi Lauper chamado: Live in Paris. O concerto foi transmitido naHBO e no mesmo ano recebeu uma indicação ao Grammy Awards de Melhor Forma Longa de Vídeo Musical.

Cyndi fez sua estréia como atriz em agosto de 1988 na comédia Vibes, ao lado de Jeff Goldblum, Julian Sands, Elizabeth Peña e Peter Falk. Lauper interpretou uma psíquica em busca de uma cidade de ouro na América do Sul. O filme foi produzido por Ron Howard e David Wolff agiu como produtor associado do filme.

Para se preparar para o papel, Cyndi fez algumas aulas de como agir como uma “pessoa psíquica”. O filme foi mal recebido pela crítica e comercialmente fracassado. Cyndi contribuiu com uma faixa chamada “Hole in My Heart (All the Way to China)”, mas a canção não foi incluída na trilha sonora. A música teve um desempenho descepcionante nos EUA com de 54ª no Hot 100, mas se saiu melhor na Austrália, atingindo o pico de 8ª e tornando-se um grande sucesso na Austrália. A canção foi usada como música de abertura na turnê de Cyndi em 2008 na Austrália.

1989 – 1992: A Night To Remember

Após muitas brigas com a gravadora, A Night to Remember que seria lançado em 1988 com o nome de “Kidred Spirit” foi lançado. Este álbum, que foi o terceiro de Cyndi, foi lançado na primavera de 1989. O álbum não fez tanto sucesso como seus antecessores, e só obteve um grande sucesso, o mega hit I Drove All Night, no qual Cyndi recebeu uma indicação ao Grammy por Best Vocal Rock Performance e também uma outra certificação do ouro por vendas de 500 mil cópias do single nos EUA, certificado pela RIAA em Janeiro de 1990.

A música foi originalmente escrita e gravada por Roy Orbison, embora sua versão só tenha sido lançada em meados de 1992, três anos depois da versão de Cyndi e quatro anos após sua morte. Ela também escreveu e produziu a maior parte do álbum. Os escritores que contribuiram com o álbum foram Desmond Child, Christina Amphlett] do Divinyls, Billy Steinberg e Tom Kelly, Diane Warren, e Frank Previte. Entre os músicos convidados incluem Bootsy Collins, Larry Blackmon, Batkini Khumalo, Eric Clapton e Nile Rodgers. O vídeo de “My First Night Without You”, lançado em 1989, foi um dos primeiros a ser gravado com legenda para os deficientes auditivos. A Night To Remember vendeu 500 mil cópias apenas nos EUA, faturando o disco de ouro. Em 1989 foi bem aceito pelos fãs e críticos. O álbum vendeu 6 milhões de cópias mundialmente.

As baixas vendas do álbum “A Night To Remember”, uma turnê cancelado nos Estados Unidos devido à baixa venda de ingressos e as pressões da fama levaram Cyndi a se “aposentar” a partir de seu “canto”. Ela visitou a América do Sul e o Japão com êxito. No Brasil foram 3 shows lotados e um foi filmado e exibido ao vivo pela Rede Globo. Porém, nunca lançado em algum tipo de mídia portátil. No Chile, Cyndi fez show para mais de 120 mil pessoas, um record de público na época.

Em 21 de julho de 1990, Cyndi se juntou a outros artistas que haviam sido convidados para o concerto histórico dos Roger Waters, “The Wall Live in Berlin, performando a canção Another Brick in The Wall, parte principal do show. Ela também cantou na música, “The Tide is Tunning” com os Waters, Joni Mitchell, Bryan Adams, Paul Carrack e Van Morrison. Cyndi estava vestida como uma menina do colégio, referindo-se a letra da música no qual ela performou para mais de 300.000 pessoas. O show foi visto por cerca de cinco milhões de pessoas em todo o mundo.

Cyndi havia se tornado amiga íntima de Yoko Ono. Em 1990, ela participou de um concerto em homenagem a John Lennon, em Liverpool, performando uma canção dos Beatles, Hey Bulldog e também uma música de John Lennon, “Working Class Hero”. O concerto foi exibido noDisney Channel. Ela também participou de um projeto desenvolvido pela Ono e por John chamada “The Peace Choir”. Eles fizeram uma nova versão da canção “Give Peace a Chance”, de Lennon. Ainda em 1990, Cyndi co-escreveu a canção “Paper Heart” (uma canção sobre toxicodependência).

Cyndi começa trabalharar no filme originalmente intitulado “Moon Over Miami”, que mais tarde passou a se chamar “Off Running” com David Keith, Richard Belzer e David Thornton, com quem ela viria a se apaixonar, um tempo depois. O filme foi lançado na Europa, mas não ficou de fora do mercado dos EUA. Um tempo depois, o mesmo foi lançado no país. (David Wolff foi o supervisor musical do filme.) Em 24 de novembro de 1991 Cyndi e David Thornton se casaram ​​no Friends Meeting House, em Nova York. O pioneiro do Rock and Roll, Little Richard, que deixou o rock and roll por um tempo, para se tornor um ministro, realizou a cerimônia. Patti LaBelle cantou “Procol Harum”, clássico de “A Whiter Shade of Pale”, e a avó de Cyndi foi como dama de honra ao casamento. Outros convidados incluíram Paul Rubens, mais conhecido por seu personagem Pee-Wee Herman, e John Turturro. Muitos pensavam que Cyndi iria se vestir como uma “Árvore de Natal” como de costume, mas ela acabou se casando como em um casamento tradicional, vestida de branco.

Em 1992, Cyndi contribuiu para o musical europeu “Tycoon”, com duas canções. Ela conseguiu um outro hit no Top 20 Europa (que chegou a segunda posição na França, faturando um disco duplo de platina, por vendas de 250 mil cópias naquele país), com The World Is Stone, escrita por Tim Rice, Michel Berger, e Luc Plamondon. Ela também gravou “You Have To Learn To Live Alone”. As duas faixas foram incluídas em uma compilação lançada nos os EUA em 2000. Cyndi também gravou “Santa Claus is Coming to Town”, um dueto com Frank Sinatra, que foi lançada no álbum Very Special Christmas II. Os vocais de Sinatara foram usados a partir de sua gravação original e depois misturado com o de Cyndi no estúdio.

1993–1995: Hat Full Of Stars/Twelve Deadly Cyns… and then some

Em Junho de 1993 Cyndi lançou seu quarto álbum, Hat Full of Stars, que abordou tópicos como homofobia, abuso conjugal, o racismo e o aborto. Apesar dos significativos Títulos – e as ótimas vendas na França e Japão, o álbum foi um fracasso de vendas nos EUA (foram vendias apenas 120 mil cópias do álbum no páis). O álbum alcançou a posição 112ª na Billboard 200, em grande parte porque o álbum sofreu com a falta de promoção. Cyndi apareceu no Howard Stern Show para promover o álbum. Ela disse que a música “Hat Full of Stars” foi escrito como uma mensagem para David Wolff(Seu ex-marido e também ex-empresaio). O vídeo de “Who Let in the Rain” apresenta um desenho de giz de David Wolff sobre a calçada. “A Part Hate” foi escrito em colaboração com ela e seu marido, David Thornton. O vídeo de “Sally’s Pigeons” tem características da então desconhecida amiga de Cyndi, no qual a música foi feita em homenagem, Julia Stiles.

Tommy Mottola, presidente da Sony Music na época, disse para Cyndi sair e fazer o que ela quisesse. Lauper quis escrever seu próprio material e parar de fazer covers. Ela escreveu algumas músicas do álbum com outras pessoas, incluindo Mary Chapin Carpenter, Ailee Willis, Nicky Holland, Tom Gray, Hugh Masekela e The Hooters. No mesmo ano, ela gravou a canção “Boys Will Be Boys”, com The Hooters. A canção “Private Emotion” foi dedicada a ela pelos The Hooters. Ambas as músicas apareceram no Cd da banda Out of Body. Cyndi também voltou a atuar, interpretando uma secretária no filme “Um Talento Muito Especial”, ao lado de Nathan Lane e Michael J. Fox.

Twelve Deadly Cyns… and them some, foi lançado mundialmente em 1994 (excepto nos os EUA, onde ela foi retida até ao Verão de 1995). O álbum foi uma compilação de grandes hits, que incluiu duas faixas regravadas, “I’m Gonna Be Strong”, do primeiro e único álbum da banda Blue Angel, e uma reformulação de seu primeiro grande sucesso, que ficou chamado de “(Hey Now) Girls Just Want to Have Fun”. A edição japonesa do CD inclui o single “Hole in My Heart (All the Way to China)”, como a faixa final. O álbum foi lançado em uma série de diferentes títulos, e teve diversas embalagens em alguns países. Twelve Deadly Cyns vendeu mais de 5 milhões de cópias no mundo inteiro (sendo 500 mil cópias destas aqui no Brasil) e Lauper deu inicio a uma turnê mundial para promover o álbum. A regravação “(Hey Now) Girls Just Wanna Have Fun” se tornou um hit mundial, especialmente na Europa, onde ficou em 4 no Reino Unido e ainda conseguiu um bom desempenho nos EUA, ficando em 87 no Hot 100. O álbum também incluiu a canção “Come On Home”, que foi remixada por Junior Vasquez.

Em 1995 Cyndi começa a trabalhar em seu sexto álbum junto com sua amiga Jan Pulsford além de fazer shows pelo mundo. Com sua participação notória na série Mad About You vivendo a personagem cômica Marie Anne Lugasso, Cyndi foi indicada para dois prêmios Emmy, no qual ela ganhou um. 

Sisters Of Avalon/Merry Christmas… Have A Nice Life

Passados dois anos, Cyndi lançou em dezembro de 1996 seu quinto álbum, Sisters Of Avalon. Cyndi leu o livro As Brumas de Avalon de Marion Zimmer Bradley. O livro conta a lenda Arturiana do ponto de vista das mulheres (a Mãe de Arthur, Guinevere, e Morgaine (Ou Morgan Le Fay). Ela achou este livro tão forte que ela leu tudo de modo que fosse grandioso. E então fez uma referência no título do álbum.”Durante a Twelve Deadly Cyns Tour, Jan (Pulsford) e eu co-escrevemos uma canção chamada “Sisters of Avalon”. Depois da excursão, eu falei com Steve Barnett. Nós fizemos uma grande canção que nos dá um sentimento muito bom.

E quando eu contei o título, ele disse que seria agradável para o próximo álbum que o título fosse esse. Como eu e Jan somos as irmãs de coração, as Irmãs de Avalon era um título muito bom. Assim é Catherine Russell, Kat Dyson e outros colaboradores homens deste álbum”. Neste trabalho, Cyndi flerta com novas influências e estilos musicais, passando pelo rock, dance, folk, jazz e até World Music. Novamente as composições são todas assinadas por Lauper, e a produção fica por conta de Cyndi Lauper, Jan Pulsford e William Wittman. Mesmo sendo um trabalho excelente e inovador, ele não emplacou, pois a vendagem foi baixa, e nem chegou a ter alguma música de sucesso. A única música a ser tocada, e pouco, nas estações de rádio, foi “You Don’t Know”. Suas brigas com a gravadora Sony Music foram noticiadas e a Sony mau divulgou o álbum. A música foi um sucesso nos clubes, em sua versão remix. Em 1997, Cyndi anunciou sua gravidez, e mesmo estando grávida, saiu em turnê juntamente com Tina Turner. No mesmo ano nasceu Declyn Wallace Lauper Thornthon, seu único filho.

Em 1998, Cyndi lançou o álbum natalino Merry Christmas … Have a Nice Life, que traz, além de clássicos natalinos como “Silent Night” e “Rockin’ Around the Christmas Tree”, e também apresenta canções da autoria de Cyndi, tais como “December Child” e uma canção de ninarfeita para seu filho Declyn. Este foi o último álbum de Cyndi Lauper pela Epic Records, subsidiária da Sony Music, e após uma intensa divergência entre artista e gravadora que se iniciou no começo da década de 90, o contrato de Cyndi com a Sony Music chegava ao fim. No ano seguinte, Cyndi participou do filme “Os Oportunistas”, onde contracenou com o ator Christopher Walken. No mesmo ano, ela lançou o single “Disco Inferno”, pela Jellybean Records, que fez parte da trilha sonora do filme “Os Embalos de Sábado à Noite”, a música conquistou o oitavo lugar na parada dance da Billboard.

Em 1999, Cyndi segue em carreira independente e concorre ao “Grammy Awards” por melhor arranjo dance por ‘Disco Inferno’”, mas infelizmente não foi desta vez que ela levou , e então ela lança o single “Disco Inferno” pela “Jellybean Records” e pela 1° vez excursiona ao lado de Cher, com um sucesso nas pistas de dança o single vendeu muito bem e esta turnê ficou entre as melhores de 1999. Em agosto ela assina contrato com a produtora independente “Flashstar” para atuar em seu 1° papel dramático no 4° filme de sua carreira. “The Opportunists (Os Oportunistas)” no papel de “Sally Mahon” que foi lançado no ano seguinte, e grava “Twilight Eyes”, “Midnight Radio” e “If By A Chance” ao lado de Deborah Harry e Patti Scialfa. No mesmo ano aparece duas vezes no seriado “Mad About You” no mesmo papel que lhe rendeu um Emmy de melhor atriz no ano de 1995. Cyndi participa de um episódio de Os Simpsons dublando a si mesma.

Anos 2000

Em 2000, Cyndi compõem a canção I Want to a Mom That Will Last Forever para o desenho Os Anjinhos em Paris. Neste mesmo ano cantou como destaque na parada gay de NY, cantando canções de seu novo CD na época, Shine com agenda lotada de compromissos e shows até o final do ano de 2000. Cyndi participou de mais um filme, chamado Os Oportunistas vivendo a sua primeira personagem dramática Sally Mahon, dona de um bar. No início, seu par o ator Christopher Walken não queria que Cyndi fosse sua namorada por causa da diferença de idade, mas no final deu tudo certo, eles formaram um belo casal. O filme foi premiado na Europa.

Era Shine

Em 2002 Cyndi Lauper gravou com a cantora Anastácia um comercial para o refrigerante Doctor Pepper. Em junho saiu o Ep Shine que contém cinco canções entre elas Shine e Water’s Edge um apelo sentimental que revela seu lado emocional. Também há duas canções polêmicas. Sendo elas: It’s Hard To Be Me que fala da stripper que disputa na justiça a herança milionária de seu marido que morreu em 1995 e Madonna Whore (Madonna Vadia), que segundo Lauper, fala sobre o complexo feminino de Madonna (a Virgem Maria) e que levantou o público em seus shows. Cyndi disse que não tem nada a ver com a cantora Madonna. Em julho ela começou sua turnê ao lado da cantora Cher, fazendo os shows de abertura. Em meio a tour, Cyndi participou do Divas Live cantando “If I Could Turn Back Time” em dueto com Cher. No final do ano a VH1 fez um opulento documentário sobre sua vida e carreira chamado Behind the Music. Esta tour de Cher, em que Cyndi abria o shows, foi a mais rentável por uma artista feminina segundo o Guiness World Records de 2007, com uma marca de um 5,8 milhões de pessoas.

At Last


Em novembro de 2003 lança um CD de stardards com clássicos da música estadunidense chamado At Last. Cyndi recebeu uma indicação ao Grammy e saiu um turnê mundial. Além disso, ela foi chamada para cantar no festival de reveillon da Times Square em Nova York ao lado de outros 30 artistas com um público de aproximadamente um milhão de pessoas.

Em meados de 2004 Cyndi grava seu DVD do álbum At Last no Town Hall e lança o álbum Shine completo no Japão com 13 canções. Foi uma das principais cantoras do evento Divas Live ao lado de Patti Labelle, Jessica Simpsons, Joss Stone e Debbie Harry do Blondie. No final do ano Cyndi canta no prêmio Nobel da Paz na Noruega.

Em 2005 Cyndi começa o ano de férias. Em fevereiro participou do Grammy apresentando-o e começa a trabalhar no seu novo álbum de estúdio. Durante o ano ela faz vários shows e recebe homenagens. Em julho participa da série Queer As Folk cantando a música Shine em uma versão feita especialmente para o episódio. Em novembro Cyndi lança The Body Acoustic. Cyndi releu seus próprios sucessos em formato acústico e com um monte de convidados como McLachlan, Shaggy, Jeff Beck, Ani DiFranco e Puff Ami Yumi para as novas e desplugadas versões de hits como Time After Time, She Bop, True Colors e Girls Just Want To Have Fun além de duas canções inéditas Above The Clouds e I’ll Be Your River. A co-produção é de Rich Chertoff, responsável pelo estrondoso “She’s So Unusual” de 1983. O álbum foi bem aceito pela mídia e pelos fãs. Em agosto ganha o prêmio “Human Lights”, atribuído às personalidades que lutam contra o preconceito gay. Também em novembro Cyndi participa do America

The Body Acoustic

Em novembro ela lança para o EUA e Japão seu 10° álbum “The Body Acoustic”, com participação de famosos como: Sarah McLachlan, Shaggy, Ani Difranco, Vivian Green, Jeff Beck, Adam Lazzara, e as Puffy AmiYumi. Ela Abre turnê e é homenageada no “Decades Rock Live”. Cyndi também participou dos Seriados “Queers A Folk (Os Assumidos)” cantando “Shine” em nova versão, e no seriado “That’s So Raven! (As Visões da Raven)” no papel de “Miss Petuto”.

Cyndi da inicio ao ano de 2006 fazendo shows divulgando o álbum The Body Acoustic. Em abril encarnou a prostituta Jenny no musical da Broadway chamado A Ópera dos Três Vinténs ao lado de Alan Cumming, Nellie Mickay, Jim Dale e Ana Gasteyer. Cyndi participou da premiação da Broadway o Tony Awards no dia 11 de junho. Em julho foi convidada do Gay Games e vestida de Estátua da Liberdade cantou Shine e True Colors. Em agosto começou uma maratona de shows até outubro.

Cyndi Lauper no Gay Games de 2007


Em 2007, Cyndi Lauper começa a compor seu 10º álbum, mas com alguns detalhes a resolver, decide lançá-lo no início de 2008. Em junho ela abre a 1ª anual “True Colors Tour 2007”, que trata de uma turnê em prol dos direitos humanos. “Eu acredito que todas as pessoas têm o direito de viver suas vidas com dignidade, oportunidade e segurança.

Não importando sexo ou orientação sexual” declarou a cantora. A turnê passou por 15 cidades americanas e contou com a participação de Gossip, Dresden Dolls, Debbie Harry do Blondie e Andy Bell do Erasure. Em agosto sai o cd “True Colors” com as músicas da turnê em versões dances, incluindo a nova “Early Bird” com a participação de Erasure. Também lançada no EP “Storm Chaser” da dupla Erasure. No dia 5 de outubro Steven J. Masarsky um dos primeiros empresários de Cyndi Lauper na extinta banda Blue Angel falece aos 59 anos vítima de câncer. Com o sucesso da True Colors Tour, Cyndi Lauper continuou fazendo shows até o fim de 2007 e segue em seqüência em 2008.

Em 2008, Lauper participou do 50º Grammy Awards que ocorreu no dia 11 de fevereiro, a cantora entregou o prêmio para Amy Winehouse de melhor álbum do ano de 2007. Antes de tudo isso Cyndi Lauper foi ao Havaí iniciando o ano novo com um show da virada, logo nos dias seguintes ela aproveitou para tirar uns dias de folga, ela foi flagrada pela 1ª vez no Havaí aproveitando os dias de Sol. O novo CD de Cyndi Lauper chegou às lojas em maio, sendo lançado 1º no Japão, “Bring Ya to the Brink” com a colaboração de nomes da dance music: The Scumfrog, Peer Astrom & Johan Bobeck, The Basement Jaxx, DJ EMZ, Richard Morel, Kleerup Digital Dog, Axweell e Dragonette.

Com o lançamento deste novo CD a cantora deu seqüência a 2ª True Colors Tour 2008, Rosie O’Donnell, The B-52’s, Joan Jett , Blackhearts, The Cliks, Indigo Girls, Kat deLuna, Joan Armatrading, Regina Spektor, Tegan e Sara, Nona Hendryx, Deborah Cox, Wanda Sykes, entre outros fizeram parte desta turnê, passando por varias cidades do EUA e do Canadá. Enquanto isso as novas músicas de seu disco lançadas como single “Set Your Heart”, “Same Ol’ Story” e “Into The Nightlife” emplacaram as pistas de danças do mundo e das rádios americanas, brasileiras, Japonesas e Européias ficando entre os melhores discos de dance music de 2008. Com todo o vapor de seu Bring Ya To The Brink a cantora abriu turnê pelo mundo, incluindo a América do Sul passando pela 3ª vez no Brasil incluindo quatro cidades, sendo cinco shows em São Paulo (13 & 14), Belo Horizonte (15), Curitiba (17) e Porto Alegre (19). Aqui no Brasil os críticos e o público a aplaudiram e curtiram, matando a saudade de 14 anos sem dar as caras por aqui. A cantora no final de 2008 gravou um single junto com a banda “The Hives” com a canção “A Duel Christmas” entrando para a Bilboard da Europa. A turnê de Cyndi Lauper terminou um dia antes do previsto, tudo por causa do presidente venezuelano Hugo Chaves, ele proibiu artistas americanos envolvidos com o qualquer outro tipo de causa a cantar no seu país. Fãs fizeram protesto em frente ao palácio do presidente, no qual não acabou em nada.

Bring Ya to the Brink

Em 2009, a cantora participou do evento de posse do novo presidente dos EUA “Barack Obama”, dando seqüência a mais lançamento de raridades pela internet. No mesmo mês, a cantora gravou dois novos clipes “Set Your Heart” e “Girls Just Wanna X Set Your Heart”, produzido pelo produtor favorito da cantora Richard Morel e um clipe dirigido pelo produtor e fotografo Karl Giant. A cantora retornou ao seu estilo “Unususal” com estes clipes que foram lançados somente no Japão acompanhado de uma coletânea de remixes “Floor Remixes” lançado em fevereiro com CD & DVD.

Em fevereiro a cantora concorreu ao 51º Grammy Awards por melhor álbum dance de 2008, mas não levou o prêmio para casa. A cantora anunciou a 3ª Edição da True Colors Tour, que ocorrerá em 2010, segundo os executivos a turnê será mundial, com o mesmo público alvo da anterior, assim lançando a Fundação True Colors e um site para juntar fundos. O filme “Here & There – ‘Aqui & Lá’” é lançado nos cinemas e é anunciado o outro filme em que a cantora fará parte do elenco. No mesmo momento a cantora divulgou o lançamento para este ano de uma autobiografia onde incluirá fotos dos melhores momentos de suas turnês mundiais desde seu início na carreira da música. Dia 20 de maio Lauper participou do American Idol cantando Time After Time ou lado de Alisson. A cantora também iniciou uma seqüência de mini-turnês onde já visitou alguns lugares como Melbourne na Pridefest onde voltou a interpretar músicas da época da banda Blue Angel de 1980, as canções foram Anna Blue, Can’t Blame Me, entre outras.

Segundo os produtores da Pridefest a noite foi um grande sucesso graças a cantora que está em frente a projetos em prol da comunidade GLBT. Em 25 de junho morre o cantor Michael Jackson, ele co-escreveu e co-produziu ao lado de diversos artistas a música “We Are The World” juntando fundos para a África em 1985. Até a data de sua morte a cantora não chegou a ser questionada sobre o falecimento do astro do pop. Somente no dia 18 de julho no evento que ocorrera ao aniversário de Nelson Mandela onde Cyndi Lauper cantou Time After Time em dueto com a rapper Lil Kim, ela disse a uma rede de TV que Michael sempre foi simpático com ela e que era maravilhoso quando eles se encontravam. Ela complementou “Eu acho que as pessoas têm a pior impressão quanto à saúde das pessoas famosas. Meu coração está com sua família e seus filhos.”. Lauper terminou mais uma de suas turnês (Girls Night Out Tour) e iniciará no mês que vem a True Colors Cabaret, no dia 17 de Setembro. A cantora participou pela terceira vez do VH1 Divas fazendo um dueto com Leona Lewis de True Colors.

Mac Viva Glam

Cyndi ao lado de Lady Gaga foram nomeadas as garotas propagandas da Marca Mac Cosmetics, para divulgação do batom Viva Glam durante o ano de 2010.[32] Todos os lucros obtidos com às vendas dos batons foram revertidos na instituição da Mac que luta contra a AIDS. Segundo a própria Mac Cosmetics, essa campanha ao ser comparada com à de outros anos, com outros artistas, como a cantora Fergie, foi a que mais lucrou. No inicio de Dezembro de 2010 a Mac anunciou que apenas Lady Gaga continuaria na campanha em 2011.
[editar]Versão Barbie de Cyndi Lauper

Em janeiro de 2010, a Mattel lançou uma linha de bonecas Barbie chamada Ladies of the 80’s, onde havia uma versão Barbie colecionável de Cyndi Lauper e de mais duas estrelas dos anos 80.

Campanha Give a Damn

Em 1 de abril de 2010, Lauper lançou a campanha “Give a Damn” para trazer uma maior consciência da discriminação da comunidade GLBT, como parte de sua True Colors Fund. A campanha é levar as pessoas direto para levantar-se com a gays, lésbicas, comunidade, bissexuais e transgêneros parar a discriminação. Outros nomes incluídos na campanha são Whoopi Goldberg, Jason Mraz, Elton John, Judith Light, Cynthia Nixon, Kim Kardashian, Clay Aiken, Sharon Osbourne e Kelly Osbourne. Anna Paquin também faz parte da campanha onde declarou ser bissexual.

Cyndi & Here Lies Love

Lauper aparece na faixa 22 como colaboração do álbum “Here Lies Love”, do Fatboy Slim. No álbum, ela canta a música Eleven Days, bem como o dueto “Why Don’t You Love Me” com Tori Amos.

Memphis Blues

Em 22 de junho de 2010, Cyndi lançou Memphis Blues, álbum de regravações de clássicos do blues nomeado ao Grammy Awards de 2010 na categoria Best Traditional Blues Album e eleito o sétimo melhor álbum do ano pelo tabloide Americano de grande influência global New York Post, que conta com a participação de Charlie Musselwhite, Allen Toussaint, B.B. King, Jonny Lang, Ann Peebles e o saxofonista brasileiro Léo Gandelman. Memphis Blues debutou na Billboard Blues Albums Chart na posição #1, e estreou na Billboard Top 200 Albums Chart na posição #26.

O álbum foi lançado na Oceania em Julho, obtendo sucesso de vendas nos países Australia e Nova Zelandia. Já na Europa o álbum só foi lançado em Setembro, obtendo um grande sucesso de vendas e tendo como single de divulgação na Europa a música Early In The Morning, que foi bastante vendida no iTunes de vários países Europeus e ainda sendo tocada em centenas de rádios de toda Europa. Cyndi também fez uma pequena tour por alguns países Europeus para divulgar o álbum, passando por países como França, Reino Unido e Alemanha. Para divulgação do álbum nos EUA e Canadá, foi lançado como single(apenas digital) a faixa número 1 do álbum, chamada Just Your Fool. A canção foi #2 no Billboard Blues Songs. Memphis Blues permaneceu 14 semanas em 1° lugar no Billboard Blues Albums.

Reality show

No inicio de 2010 Cyndi participou do reality show americano The Celebrity Apprentice, comandado pelo empresário Donald Trump. Logo após isso, Cyndi anunciou que já havia assinado contrato com o produtor do programa em que participou, para criar seu próprio, relatando sua vida diariamente. Cyndi o chamou de “A Comédia de Nossas Vidas”.

Cyndi foi demitida do Celebrity Apprentice em 9 de maio de 2010; sua demissão provocou revolta em milhares de americanos, que protestaram no Twitter, dizendo que “Cyndi era a alma do reality” e o programa também perdeu mais de 1 milhão e 700 mil telespectadores, devidamente pela saída de Cyndi.

Memphis Blues Tour

Memphis Blues Tour é a turnê de divulgação do álbum Memphis Blues. A tour em sua primeira fase passou por 32 cidades dos Estados Unidos e Canadá. Já a segunda fase da Tour teve seu inicio em 12 de Novembro de 2010 e terminou dia 18 de Dezembro, passando por mais 13 cidades dos EUA e fechando a turnê em seu país. Em 2011 a terceira fase da tour se inicia em 19 de Fevereiro de 2011 no Brasil. Cyndi anúnciou 7 shows no Brasil em 2011.
Final de 2010

No final de 2010, logo após o Natal, Cyndi Lauper não quiz saber do inverno dos Estados Unidos e foi curtir o verão do Uruguay com sua familía. Não foi apenas uma viagem para diversão e sim de trabalho. Cyndi foi contratada pela Lacoste para se apresentar em uma festa da marca, na abertura de temporada de Punta del Este. Cyndi recebeu $170 mil dólares para cantar algumas músicas no evento. E no dia 29 de Dezembro de 2010, Cyndi fez uma participação especial em um show no Madison Square Garden de Retorno do cantor Prince, fazendo um dueto com ele da música Jungle Love.

O inicio de 2011

A primeira aparição pública de Cyndi Lauper em 2011, aconteceu no Chapter GRAMMY Awards Nominees Reception. Cyndi esteve presente no evento, porque estava concorrendo com seu álbum Memphis Blues, que não levou o Grammy.[46] Alguns dias depois, Cyndi apareceu irreconhecivel no Aeroporto de Los Angeles, com a pele do rosto vermelha e descascando. Isso aconteceu, devido a cantora ter se submetido a um peeling de fenôl que levou a mesma à sofrer uma irritação de pele não muito grave.Depois de uma semana, a cantora participou da cerimonia do Grammy, no qual performou na pré-festa da cerimonia ao lado de Mavis Staples e outras duas cantoras.

A turnê mundial e a quarta visita ao Brasil

O primeiro show da Memphis Blues World Tour aconteceu em 19 de fevereiro de 2011 na cidade de Recife, com público recorde.Cyndi ainda fez mais 7 shows lotados pelo país, passando por: Rio de Janeiro, São Paulo, Goiânia, Cuiabá, Brasília e Porto Alegre.Todos shows tiveram presença da percussionista Lan Lan. No dia 23 de Fevereiro ela fez uma tarde de autógrafos em São Paulo, na Livraria Cultura do Shopping Market Place.e também gravou o programa Altas Horas da Rede Globo. No programa, ela executou: She Bop, Just Your Fool, seu mais recente single e Time After Time.

Antes de sair do Brasil, Cyndi que estava em Porto Alegre, decidiu fazer umas compras no país. Ela foi clicada por um fã comprando sandalias da marca Melissa numa loja da mesma na cidade. Depois disto, ela seguiu para Argentina com a Memphis Blues Tour. Após ter feito os shows no país, Cyndi teria de seguir para o Chile, mas enfrentou um atraso de voôs no Aeroporto de Buenos Aires e só conseguiu viajar algumas horas depois. Para amenizar a situação, Cyndi pegou o microfone de anúncios da sala de espera e improvisou um mini show, cantando Girls Just Want to Have Fun e True Colors. No dia seguinte, foi postado o video dela cantando Girls Just Want to Have Fun no Youtube.

O video teve 1 milhão de acessos em 5 dias. Ainda na América do Sul, ela fez seus últimos shows por aqui no Chile, que já estavam esgotados duas semanas antes das datas dos concertos. Os dois shows aconteceram em Vilã de Plata. No dia 2 Março, ela partiu de Nova York para o Japão, após pausa de uma semana da Tour. Algumas hora após o avião ter decolado, havia acontecido o Tsunami no país. Cyndi não cancelou os 5 shows no páis, que por incrível que pareça, foram lotados e não pensou em ir embora.

Ela ficou no país e, segundo ela, fez a coisa certa. Via Twitter, ela foi informando seus fãs sobre que estava acontecendo e disse que estava tudo bem com ela.Para ajudar o país, Cyndi doou parte dos lucros de seus shows, organizou um evento para que as pessoas pudessem doar por caridade, além disso, ela também gravou ringtones de alguns de seus maiores sucessos e reverteu os lucros para a Cruz Vermelha Japonesa, junto com os lucros de seu álbum, Memphis Blues, que ela decidiu ceder também.Seu último show da turnê pelo Japão, aconteceu em Osaka e foi televiosionado e exibido ao vivo também via internet.

Na rede o show foi visto por mais de 135 mil pessoas. Após mais de 3 semanas no Japão, Cyndi foi para a Austrália, onde tinha 8 shows marcados lá. No segundo dia de sua estadia no páis, ela gravou o ‘Today Show’ Australiano ao ar live. Dias depois, ela deu inicio aos 8 concertos. Contando com os shows feitos na Austrália, a Memphis Blues Tour já havia completado 86 shows no mundo todo, sem contar com os que ainda não foram anúnciados.

Discografia

  • 1983 – She’s So Unusual
  • 1986 – True Colors
  • 1989 – A Night to Remember
  • 1993 – Hat Full of Stars
  • 1997 – Sisters of Avalon
  • 1998 – Merry Christmas…Have a Nice Life
  • 2001 – Shine
  • 2003 – At Last
  • 2005 – The Body Acoustic
  • 2008 – Bring Ya to the Brink
  • 2010 – Memphis Blues

     

Clipes                                            

     

               

Anúncios

3 Respostas to “Meu Walkman”

  1. rogerio de oliveira 14/10/2011 às 13:21 #

    oi! katia tudo bem aqui e o rogério eu estou escrevendo só para dizer a você que eu não quero ser o sabichão não tá, mas e porque quando eu comecei a ter acesso a net em 2000, me indicaram um blog pynk of house e o wikipédia, e no wikpédia tinha estás vendagéns da cyndi, e eu sempre gostei de saber os numeros de vendas de seus cd´s eu estou te dizendo isto porque eu já tive infelismente meu nome jogado em blogs por pessoa de má indole, falando de minha pessoa que eu não sabia de nada e criava vendgéns da cyndi que não existia, e eu não vou fazer isso de forma alguma para você ver como eu tenho razão, pode olhar a biografia e depois a discografia, o primeiro erro na discografia e que o cd she´s só unusual vendeu:15 milhões, eo true colors 16 milhões, o a night to rememmber lá tem 9 milhões e na biografia 6 milhões antes era 4,5 depis 1,5. o hat full of stars vendeu 4,5 na discografia tem 7 milhões , e assim vai são vários erros, realmente eu confesso que sempre gostei de aber as vendagéns da cyndi e agora que pretendo fazer um pequeno blog para homenagea-la, eu quero pelo menos chegar nas informações mais concretas possiveis!

  2. rogério de oliveira 12/10/2011 às 13:07 #

    ola! katia tudo bom também adoro a cyndi, mas gata não era para você ter copiado o wikipédia não sei o que ouve com está página que deu de alguns anos pra cá para querer arruina a cyndi, a cyndi ganhou dois grammys. o de revelação e pacote de embalagém, ou sejá (arte da capa ). o cd true colors vendeu 12.milhões e 3 milhões nos eua, no brasil + de 250 mil cópias, o a night to remember 9 milhões no mundo. e fez quatro shows no brasil em 1989. eles lá tem 3 e foi 4. em são paulo dias 2,3 e 5 e7 no rio de janeiro. por sinal gravado pela globo e passado como espécial no dia 19 de novembro de 1989. outra o single the wourld stone lançado em 1992 na europa e eua vendu 250,mil cópias, o cd hat full of stars vendeu: 4,5 no brasil 20,mil cópias, o cd twelve dadly cyns vendeu 7 milhões no mundo. o sister of avalon vendeu:2,5 no mundo. o cd de natal que saiu só no japão: vendeu:1,milhão de cópias. em 2002 o ep shine músicas dos anos 80 e 90. o essencial cyndi lauper e vende :600,mil cópias, no mesmo ano cyndi lança at last ele vendeu; 4,5 no mundo, em 2004 shine sai completo no japão e vende: 250 mil cópias em 2005 cyndi lança o cd the body acústico e vende : 6000,mil cópias em 2008 sai o cd dance bringya to the brink que vendeu: 3000,milhões no mundo em 2010. cyndi lança o cd de blues, memphis blues que vendeu até o mmento 2,5 no mundo eu só coloquei aonde há erros porque na discografia pode olhar tem vendagéns invertida essa página está pirada
    vende:250 mil c´pias em

    • N(A)tiva 13/10/2011 às 14:23 #

      Valeu pela dica, eu uso o wikipidia para falar apenas da história das bandas e cantores. mas fico grata pela sua preocupação com a cantora e por colocar esses dados aqui. Valeu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: