Meu Walkman

17 out

Inimigos do Rei

Sempre gostei de bandas irreverentes e voltando ao famoso programa Cassino do Chacrinha, conheci uma banda que tocou duas músicas que colaram na minha cabeça na época, Uma Barata Chamada Kafka e Adelaide que só pelo nome já deixam claro o estilo da banda que se chama Inimigos do Rei, essas músicas tinham um teor engraçado.

E para quem não sabe tinha um integrante bastante talentoso, o Paulinho Moska. Era muito legal ver eles cantando e dançando no programa. Curtia mesmo suas músicas. E eles tocaram e vários outros programas da época, até no da Xuxa. Até fazer essa matéria não sabia que a banda havia continuado depois da saída do Moska. Para quem é fã dele vale a pena conhecer-lo na época da banda e para quem já conhecia o Inimigos do Rei, vale a pena lembrar um pouco com clipes que vou colocar aqui.

História da Banda

Em 1989, gravou o LP “Inimigos do Rei”, destacando-se as faixas “Uma Barata ChamadaKafka” e “Adelaide” – versão para “You Be Illin” (Simmons, White e Mizell) -, que fizeram sucesso nas emissoras de rádio a ponto de consagrar à banda um Disco de Ouro por 180 mil cópias vendidas.

Em 1990, lançou o álbum “Amantes da Rainha” e, no ano seguinte, Paulinho Moska deixou o grupo para seguir carreira solo. Em 1991, participaram do Rock in Rio II.

Em 1997 gravaram mais um disco, então com seis integrantes, que contava com músicas inéditas e algumas regravações como “Mamãe Passou Açúcar em Mim”, de Carlos Imperial (imortalizada na voz de Wilson Simonal), e “Come Together”, de Lennon e McCartney (The Beatles). O Arquivo – Inimigos do Rei só sairia em 1998, junto com a primeira pausa da banda.

Em 2005 participaram da gravação do DVD/CD Festa Ploc 80, no circo voador com mais de 3 mil pessoas na platéia, realizando o primeiro registro oficial ao vivo de seus sucessos “Uma Barata Chamada Kafka” e “Adelaide”.

Em 2009 numa formação “power trio”, os três integrantes remanescentes partem para a (r)evolução dos Inimigos do Rei e mudam o nome do grupo para INIMIX, mantendo o repertório da banda e acrescentando diversas músicas inéditas como “A Crise”, “O Medo” e “A Vida”.

Hoje em dia

INIMIX é o nome da nova formação dos Inimigos do Rei, agora como “power trio”.

Com mais de vinte anos de sucesso, consagração nacional, três discos lançados, um Disco de Ouro e sucesso no Rock in Rio II, Mokkó Lyrio (guitarra), Marcelo Crelier (baixo) e Celão Marques (bateria) integrantes originais da banda desde a sua formação, se destacam neste novo formato.

Num show repleto de novidades, com diversas músicas inéditas, marcadas pela mesma irreverência que sempre caracterizou o trabalho autoral dos Inimigos do Rei, tocam sucessos consagrados como “Uma Barata Chamada Kafka”, “Adelaide” e “Jesse James”, além de pérolas escolhidas a dedo de suas referências como Mutantes, Rita Lee, Jorge Benjor e Beatles, e como não poderia faltar, um selecionado set de clássicos dos anos 80.

INIMIX é mais do que um novo nome, é a (r)evolução dos Inimigos do Rei, em um show contagiante do mais puro e desinibido rock´n roll.

http://www.inimigosdorei.com.br

Discografia

  • Amantes da Rainha (1990)
  • Arquivo – Inimigos do Rei (1998)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: