ESTILO DE VIDA NERD

24 nov

Oi turma nerd, como terminamos o assunto sobre mulheres nerd, fiquei pensando em assunto que podia colocar aqui. E o que me veio a mente  falar de séries nerd antigas, podem me acusar de nostálgica, mas acho que vale a pena relembrar alguns relíquias que incentivaram tantos jovens a curtirem a cultura nerd. E porque não começar com um clássico, hoje vou falar de Star Trek.

Claro que não escolhi Star Trek por acaso, eu sempre assistia quando criança suas reprises e achava o máximo o Capitão Kirk e Senhor Spock, aliais gostava do contexto geral. Mas eles dois interagiam bem na série. Era interessante os conflitos vividos por eles e sempre gostei de ficção cientifica. Juro que não lembro de nomes de episódios e nem poderia te contar um inteiro, mas de modo geral lembro de muita coisa. O universo que os criadores do Star Trek criou foi bem elaborado. E acho que também foi  um fator fundamental para série ter feito tanto sucesso e ter se expandido tanto.

Fiz uma pesquisa e vou colocar alguns dados aqui sobre a série. Vida longa e próspera!

História da Série

Star Trek é uma franquia estadunidense do gênero da ficção científica, sendo uma das mais bem-sucedidas da história da indústria do entretenimento mundial. Foi criada porGene Roddenberry. O núcleo de Star Trek são suas seis séries de televisão: The Original SeriesThe Animated SeriesThe Next GenerationDeep Space NineVoyager eEnterprise. A franquia também possui onze filmes, dúzias de jogos eletrônicos, centenas de livros e pelo menos dois museus exibindo itens de suas várias encarnações. Começando com a série original e continuando pelas séries e filmes subsequentes, a franquia se tornou um fenômeno cult, gerando inúmeras referências na cultura popular.

The Original Series (1966–1969)

Star Trek, também conhecida como The Original Series ou TOS, estreou na NBC em 8 de setembro de 1966. O programa conta as aventuras da nave estelar USS Enterprise em sua missão de cinco anos “para audaciosamente ir onde nenhum homem jamais esteve”. A série possuia em sua elenco William Shatner como o Capitão James T. Kirk, Leonard Nimoy como Spock, DeForest Kelley como Dr.Leonard McCoy, James Doohan como Montgomery Scott, Nichelle Nichols como Uhura, George Takei como Hikaru Sulu e Walter Koenigcomo Pavel Chekov. Durante sua exibição original, foi indicada várias vezes ao Hugo Award de Melhor Apresentação Dramática e venceu duas vezes: “The Menagerie” e “The City on the Edge of Forever”. Depois de três temporadas o programa foi cancelado e seu último episódio foi ao ar em 3 de junho de 1969. Foi, entretanto, extremamente popular entre fãs de ficção científica. Apesar de ter Nielsen Ratings baixos, mais tarde, as técnicas de medição demográficas mostraram que a série era popular para uma audiência altamente lucrativa. A série subsequentemente se tornou popular nas reprises. Originalmente apresentada como Star Trek, rescentemente adquiriu o retrônimo de Star Trek: The Original Series, para se diferenciar de suas sequências e da franquia como um todo.

The Animated Series (1973–1974)

Star Trek: The Animated Series foi produzida pela Filmation e teve duas temporadas de 1973 até 1974. A maior parte do elenco fez a voz de seus personagens da The Original Series, e muitos dos roteiristas originais escreveram episódios para a série. Enquanto o formato animado permitiu que os produtores criassem cenários alienígenas e formas de vida mais exóticas, o reuso de cenas, músicas e também de erros de animação arranharam a reputação da série. Apesar de ter sido sancionada pela Paramount, que se tornou a dona da franquia após a aquisição da Desilu em 1967, Roddenberry forçou a Paramount a parar de considerar a série canônica, mesmo ele estando envolvido na produção. Mesmo assim, elementos da série animada foram usados pelos roteiristas nas séries e filmes seguintes e, desde junho de 2007,The Animated Series foi incluída no website oficial da franquia. TAS venceu o primeiro Emmy Award de Star Trek em 15 de maio de 1975.

The Next Generation (1987–1994)

Star Trek: The Next Generation, também conhecida como TNG, se passa aproximadamente um século após a série original. Ela apresenta uma nova nave estelar, a USS Enterprise-D e sua tripulação formada pelo Capitão Jean-Luc Picard (Patrick Stewart), Comandante William T. Riker (Jonathan Frakes), engenheiro chefe Geordi La Forge (LeVar Burton), oficial de segurança Tasha Yar (Denise Crosby), o primeiro klingon a entrar na Frota Estelar Worf (Michael Dorn), médica chefe Dra. Beverly Crusher (Gates McFadden), o andróide Data (Brent Spiner) e o filho da Dra. Crusher Wesley Crusher (Wil Wheaton). A série estreou em 28 de setembro de 1987 e teve sete temporadas, terminando em 23 de maio de 1994. Teve os maiores indíces de audiência de qualquer série de Star Trek. Muitas relações e espécies introduzidas emTNG se tornaram as bases de Deep Space Nine e Voyager. Foi indicada ao Primetime Emmy Award de Melhor Série Dramática em sua última temporada.

Não era comum na época um programa de drama ser sindicado em sua exibição original, ao invés de ir ao ar por uma grande emissora. The Next Generation se tornou o programa de sindicação mais popular de sua época e inaugurou o mercado para séries de ficção científica na sindicação.

Deep Space Nine (1993–1999)

Star Trek: Deep Space Nine, ou DS9, se passa nos últimos anos e nos imediatamente seguintes da The Next Generation. Estreou em 3 de janeiro de 1993 teve sete temporadas e terminou em 2 de junho de 1999. Como a TNG, foi ao ar por sindicação. É a única série da franquia a se passar principalmente em uma estação espacial, ao invés de uma nave estelar. Ela se passa na estação cardassiana originalmente conhecida como Terok Nor, que foi renomeada Deep Space 9 pela Federação e colocada perto do planeta Bajor e do único buraco de minhoca estável conhecido, que dá acesso ao distante Quadrante Gama. O programa mostra a vida dos tripulantes da estação, liderados por Benjamin Sisko; interpretado por Avery Brooks; e Kira Nerys; interpretada por Nana Visitor. Elementos recorrentes em suas histórias estavam a repercussão da longa e brutal Ocupação Cardassiana em Bajor, o papel espiritual de Sisko para os bajorianos como Emissário dos Profetas e, em suas últimas temporadas, a guerra contra os Dominion. Deep Space Nine se diferencia das outras séries de Star Trekpelo seu estilo de seriado, conflitos entre a tripulação e temas religiosos; todos temas que foram aplaudidos por críticos e fãs porém foram proibidos por Roddenberry na série original e em The Next Generation. Mesmo assim, ele possuia conhecimento dos planos para DS9 antes de morrer, então esta foi a última série de Star Trek em que ele esteve conectado.

Voyager (1995–2001)

Star Trek: Voyager teve sete temporadas, indo ao ar de 16 de janeiro de 1995 até 23 de maio de 2001, lançando o canal UPN da Paramount. Apresenta Kate Mulgrew como a Capitã Kathryn Janeway, a primeira mulher oficial comandadante em papel principal em uma série de Star TrekVoyager se passa quase ao mesmo tempo que Deep Space Nine. O episódio piloto mostra a USS Voyager e sua tripulação perseguindo uma nave Maquis (classificados como rebeldes pela Federação). Ambas as naves são jogadas no Quadrante Delta, 70.000anos-luz da Terra. Com uma viagem de volta estimada em 75 anos, a tripulação das duas naves devem aprender a trabalhar juntas para superar os desafios na longa e perigosa viagem de volta enquanto procuram meios para reduzir o tempo de viagem. Como DS9, as primeiras temporadas de Voyager mostram grandes conflitos entre os membros da tripulação. Tais conflitos surgem, na maioria das vezes, devido ao método de seguir o regulamento dos membros da Frota e os rebeldes fugitivos Maquis, forçados a trabalhar na mesma nave. Eventualmente, eles resolvem suas diferenças. Voyager é isolada dos muitos e familiares aspectos, elementos e espécies da franquia Star Trek, tirando aqueles pertencentes a tripulação. Isso permitiu a criação de várias novas espécies e histórias originais na série. As últimas temporadas, entretanto, abriram um fluxo de personagens e espécies dos programas anteriores, como os Borg, Q, ferengis, romulanos, klingons,cardassianos e alguns membros do elenco de The Next Generation.

Enterprise (2001–2005)

Star Trek: Enterprise, originalmente intitulada de Enterprise, foi ao ar de 26 de setembro de 2001 até 13 de maio de 2005 e é uma prewuela da série original, se passando 90 anos depois do voo de dobra de Zefram Cochrane e uma década antes da fundação da Federação. A série mostra como o primeiro contato com um extraterrestre levou os vulcanos a guiar a humanidade na criação da primeira nave de dobra 5, a Enterprise, comandada pelo Capitão Jonathan Archer; interpretado por Scott Bakula; e pela Subcomandante T’Pol; interpretada por Jolene Blalock.

Por suas duas primeiras temporadas, Enterprise era mais episódica como The Original SeriesThe Next Generation e Voyager. A terceira temporada introduz o arco de história dos xindi, que foi,levado por toda a terceira temporada, trazendo um tom mais sombrio e serializado ao programa, algo que não era visto desde Deep Space Nine. A quarta temporada mostrou as origens de vários elementos comuns em outras séries, além de resolver alguns problemas de continuídade (alguns criados na própria série), mais notavelmente a discrepância entre a aparência dos klingons na série original e nos filmes e séries seguintes. Os arcos de histórias em sua última temporada duravam apenas dois ou três episódios. Os indíces de espectadores de Enterprise começaram altos, porém cairam rapidamente, algo que levou ao cancelamento do programa, no meio de sua quarta temporada. O cancelamento de Enterprise encerrou um período de 18 anos de produção ininterrupta de novos episódios de Star Trek, que começou com a The Next Generation em 1987.

Filmes

A série de filmes de Star Trek é o braço cinematográfico da franquia Star Trek. A Paramount Pictures começou a trabalhar em um filme deStar Trek em 1975 depois de vários pedidos do criador da série, Gene Roddenberry. O estúdio descartou o projeto dois anos depois à favor de uma nova série de televisão, Star Trek: Phase II, com o elenco original. Entretanto, depois do enorme sucesso de Star Wars e Close Encounters of the Third Kind, a Paramount mudou de ideia novamente, cancelando a produção da série e adaptando seu episódio piloto no filme de 1979 Star Trek: The Motion Picture. Outros cinco filmes estrelando o elenco original se seguiram. O elenco da série spin-off Star Trek: The Next Generation estrelaram em outros quatro filmes. Um reinício e prequela da série de televisão original, intitulado simplesmenteStar Trek, foi lançado em 2009.

Livros

Desde 1967, centenas de livros originais, contos e adaptações das séries de televisão e filmes foram publicados. O primeiro livro original deStar Trek a ser publicado foi Mission to Horatius, de Mack Reynolds, que foi publicado pela Whitman Books em 1968.

A primeira editora a publicar romances de Star Trek para os leitores adultos foi a Bantam Books. Em 1970, James Blish escreveu o primeiro romance original de Star Trek a ser publicado pela Bantam, Spock Must Die!. A Pocket Books é a atual editora dos romances de Star Trek.

Autores prolíficos de Star Trek incluem Peter David, Diane Carey, Keith R. A. DeCandido, J. M. Dillard, Diane Duane, Michael Jan Friedman e Judith e Garfield Reeves-Stevens. Vários atores e roteiristas das série de televisão já escreveram livros: William Shatner, John de Lancie, Andrew J. Robinson, J. G. Hertzler e Armin Shimerman já escreveram, ou co-escreveram, romances contendo seus respectivos personagens. A produtora Jeri Taylor já escreveu dois romances contendo os personagens de Voyager antes da própria série, e os roteiristas David Gerrold, D. C. Fontana e Melinda Sondgrass já poliram alguns livros.

Quadrinhos

Histórias em quadrinhos baseadas em Star Trek têm sido publicadas quase continuamente desde 1967 por várias companhias. As editoras incluem a Marvel Comics, DC Comics, Malibu Comics, WildStorm e Gold Key Comics. A Tokyopop está atualmente publicando uma antologia baseada em histórias de The Next Generation apresentadas no estilo do mangá japonês. Em 2006, a IDW Publishing adquiriu os direitos de publicação dos quadrinhos de Star Trek.

Jogos

A franquia Star Trek possui vários jogos em muitos formatos diferentes. Começando em 1967 com um jogo de tabuleiro baseado na série original e continuando até o presente com jogos online e em DVD, jogos de Star Trek continuam a ser populares entre os fãs. Os jogos eletrônicos mais recentes da série são Star Trek: Legacy e Star Trek: Conquest. Um MMORPG baseado em Star Trek, chamado Star Trek: Online, é desenvolvido pela Cryptic Studios e publicado pela Atari. Ele se passa aproximadamente 30 anos após os eventos de Star Trek Nemesis, e não na realidade alternativa criaada em Star Trek, apesar dele levar em conta eventos contados no filme e nos quadrinhos prequela.

Vou colocar a abertura da série original.

10 curiosidades sobre a série original de Star Trek

1. Para baratear os custos do seriado, Roddenberry criou o teleporte (evitando assim o efeito de se ter que pousar um módulo no planeta em todos os episódios), e os planetas de Classe M, que guardavam as mesmas características da Terra, facilitando a escolha de locações.

2. O ator Martin Landau recusou o papel de Spock por não conseguir evitar expressar emoções, como o personagem exigia. Após o cancelamento de Jornada nas Estrelas, tanto Landau como Leonard Nimoy trabalharam juntos no seriadoMissão Impossível.

3. A saudação vulcaniana, com a mão aberta em forma de V foi criada por Leonard Nimoy, baseada num gesto tradicional de judeus ortodoxos.

4. Os Klingons, grandes inimigos da Federação Unidas dos Planetas, eram claramente baseados nos russos, já que a Guerra Fria acontecia à toda nos anos 1960. No filme de 1991, A Terra Desconhecida, a explosão da lua de Klingon e a paz com esse povo é uma alusão a Chernobyl e o fim da União Soviética. Por problemas de orçamento, os personagens da série clássica lembravam humanos, mas suas versões no cinema, e nas séries recentes mostravam a cabeça “casco de tartaruga”. No seriado Enterprise, uma explicação é dada para isso, com referência a um vírus que afetou alguns colonos desta raça e mudou sua aparência.

5. O personagem Spock quase foi cortado da série devido a protestos de entidades religiosas que o consideravam muito parecido com o diabo.

6. O ator Mark Lenard interpretou o pai de Spock em alguns episódios do seriado, mas foi também o capitão da nave romulana, outros grandes inimigos de Kirk e sua turma, e raça do vilão do novo filme. Viveu ainda um capitão Klingon na primeira aventura cinematográfica, o único ator a fazer as três raças alienígenas mais importantes da franquia.

7. Matt Jefferies foi o desenhista que criou todo o visual interno e externo da Enterprise e das naves da série clássica. Em sua homenagem, os corredores e túneis que levam a tripulação a sistemas críticos da nave são chamados de tubos Jefferies.

8. As cores dos uniformes variavam de acordo com a função do tripulante: dourado para comando, navegação e armas; vermelho para engenharia, segurança e serviços e azul para medicina e ciência. Nos cartazes teaser do novo filme, cada personagem era mostrado com sua cor correspondente como fundo.

9. O capitão Kirk nasceu em Iowa, segundo Gene Roddenberry, e, em 1985 a cidade de Riverside, neste estado, proclamou-se “futuro local de nascimento de James T. Kirk”. Hoje, é um dos pontos de referência dos fãs com eventos e atrações, inclusive com uma Enterprise exposta.

10. O diretor Roger Nygard e a atriz Denise Crosby, que abandonou a série Jornada nas Estrelas – a Nova Geração na primeira temporada, produziram dois documentários divertidíssimos sobre os mais fervorosos fãs dos seriados chamado “Trekkies”, mostrando inclusive os fanáticos brasileiros e pessoas que vivem de acordo com os preceitos da série, usando os uniformes todos os dias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: