Caixa Preta

24 dez

This is The End

O ano está terminando o com ele vem vários sentimentos a tona, sentimentos bons e ruins também, e que sentimentos ruins são esses? É a sensação angustiante de fim de algo, mesmo que para muitos o ano tenha sido ótimo e você tenha aquela alegria de fim de trabalho bem feito, mesmo assim ainda lhe passa pela cabeça o medo do desconhecido, medo de saber que algo terminou de vez e algo novo vem chegando com toda responsabilidade que as coisas novas requerem.

E por causa desse sentimento de fim de ano, resolvi escrever sobre um assunto forte e triste, um assunto que sempre assusta os casais. O fim do relacionamento. Pois é Nativos, tudo que começa tem um final e mesmo que não queiramos, desejamos o oposto ou acreditamos piamente no contrario, tudo tem um fim, mesmo que ele venha com a morte. E apesar dessa introdução triste, temos que encarar a realidade.

É difícil pacas falar disso, quando eu comecei com essa coluna falei para companheira nativa Raquel Dias que não ia tocar nesse assunto tão cedo, mas me vejo agora escrevendo essas linhas, a vida é mesmo irônica, mas vou lhe explicar porque acabei decidindo escrever sobre termino, como escritora me sinto preparada, mais que preparada, sei que é esse o momento.

Antes de começar quero dizer que apesar de ser algo muito difícil, todos nós ou já passamos ou ainda vamos passar por isso e é doloroso, mas temos que aprender a superar para não ficamos um caco humano. É dos términos que tiramos a força para crescer e melhoramos nessa vida. Então lembre-se de tirar o melhor de cada coisa que acontecer na sua vida, de bom ou ruim!

Vamos começar falando o quanto é difícil entender que seu relacionamento não está bem, e não estou falando só de quem não quer o fim não, falo dos dois. Por N fatores você mesmo que quer termina reluta, empurra com a bariga para não ter que enfrentar esse monstro que é a separação. Acreditem gente, acabar um relacionamento não é fácil. A gente não quer enxergar isso quando está do outro lado, mas quando somos nós que vemos primeiro que não dar mais, sabemos que mesmo que não suportamos aquela pessoa que doravante amávamos, tem outras coisas que ainda dificultam decidir acabar de vez.

Já terminei algo e já terminaram comigo, então falo com propriedade das duas faces da moeda. A diferença está que quem termina sofre menos do que o outro. Mas sei que nenhum dos dois esquece rápido. A gente nunca esquece, só não sofre com as lembranças como o outro. E pode acreditar muitas vezes bate um arrependimento, se o outro era alguém bacana e que amava você.

Vou primeiro falar no papel de quem quer terminar:

Existem vários motivos para se querer terminar um relacionamento, muitos mesmo, mas o principal mesmo é sentir que aquilo não te deixa mais feliz, bem. E se sentir meio que obrigado a está do lado daquela pessoa ou as coisas entre vocês não vai mais evoluir. Seja qual foi o motivo, você se sente triste, cansada e até mal humorado porque se força a uma situação ou porque trata mal alguém que você até gosta muito mas não como antes.

Logo que percebemos que estamos desmotivado em uma relação, têm vários tipos de reações, tem gente que faz de tudo pela pessoa, como se estivesse sentido culpa, importante é agradar, é fazer de tudo para que a pessoa alivie esse sentimento. (Agora preciso dar um conselho para quem está nessa) A sensação de culpa só passa na consciência, quando o arrependimento é sincero. Tem quem faz todo tipo de raiva no outro para que ele termine e não você, acho esse tipo de reação coisa de gente covarde sem querer ofender. E tem quem, é direto e termina logo, logo entre aspas porque como disse antes não é fácil tomar essa decisão, acredite!

Porque digo isso? Porque gente, mesmo que a pessoa não te ame mais, existe outros fatores como família, amigos, as coisas que faziam juntos, o tempo que dividiram juntos. Deixar alguém com quem você dividiu tempo, dinheiro, sonhos… E mesmo que se esteja envolvido com outra pessoa, ainda assim não é fácil porque você pondera se vale a pena trocar o certo pelo duvidoso. Estou dizendo isso para que fique claro o quanto é sofrível se decidir terminar um relacionamento. Mas sei que mesmo assim, mesmo depois de tudo que eu disse, você ainda assim vai pensar o quanto aquela pessoa que está terminando com você é cruel e egoísta.

Agora vamos para o lado mais frágil da história.

Você muitas vezes não imagina que aquele seu relacionamento “perfeito” vai acabar, que toda aquela felicidade vai ter fim. Na verdade amigo(a) essa felicidade é aparente, é só sua. Eu acho mesmo irônico um namoro acabar quando uma das partes está feliz, se sentindo completa. Mais ainda depois do casal ter passado por uma tormenta. Mas gente, cada pessoa tem uma perspectiva e é horrível se está com alguém forçado. Imagina alguém está com você e se sentir infeliz.

Sei que quando alguém termina com a gente é como se tivéssemos perdido o chão, é muito triste mesmo. E por mais que finjamos que está tudo bem, não está. A primeira sensação que sentimos é o fracasso, como se tudo que tivéssemos feito não valesse de nada. Até entendo porque tem gente que acaba tirando a própria vida, digo que entendo mas não concordo! Nada é mais valioso que nossa vida. Mas é porque esse sentimento de perda, de ter investido em algo que faliu, te dar uma sensação de desperdício, fracasso é mesmo a melhor palavra!

É verdadeiramente muito difícil superar uma perda, ainda mais uma perda viva. Sabe aquela frase que diz, “O coração não sente o que os olhos não vêem.” Ela é mais que verdadeira, claro que nem todas as vezes vai ser assim, graças a Deus, mas doí muito. E depois que a dor passa, ainda fica as lembranças. Por isso tem gente que prefere esquecer um velho amor, com outro. Hoje em dia não acredito mais nisso, porque sei que é sair da frigideira para entrar no fogo. Aconselho tentar esquecer sozinho(a) mesmo, sei que é mais difícil, mas pelo menos você entra em uma relação nova sem se apegar tanto, porque amigos quando fazemos isso, vamos com tanta sede ao pote que podemos estragar uma nova relação.

Terminar um namoro ou ouvir de alguém que você ama que tudo terminou é doloroso. Ainda me lembro bem como foi a ultima vez que terminaram comigo, e posso confessar que não acreditei no que ouvia. Mas acontece que o ser humano é dotado de uma habilidade, superação. Somos capazes de superar tudo, tudo mesmo. Se uma mãe consegue superar a perda de um filho, porque não podemos superar o fim de uma relação. Acredite, leva tempo, doí, é necessário determinação, mas amanhã você acordará sabendo que venceu mais uma provação. Tente não odiar quem te deixou, porque assim você só vai dificultar sua superação. Existe alguns métodos para se acelerar esse processo e depois escrevo essa receita que não é 100% eficaz, mas que com muito afinco, pode ajudar.

Só quero deixar um recado para quem terminou e outro para quem perdeu um amor. Antes de decidir terminar algo, pense mil vezes se essa decisão é certa e depois que decidir, termine logo. Não enrole a pessoa, isso só maltrata quem te ama tanto. E você que está sofrendo porque alguém terminou com você, tente superar, não insista (se humilhar não vai trazer quem você ama e só vai fazer com que a pessoa te respeite menos). Investir em você mesmo é a melhor opção.

O Nativa quer desejar a todos os leitores um ótimo Natal e que todos consigam ter paz e muita luz nesse dia, aliais em todos os dias.

Colocar aqui uma música do Elton John que cai bem para esse texto.

Don’t Go Breaking My Heart Elton John

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: