Post Fashion

11 jan

Olá amigos Nativos! Hoje eu trago para vocês um pouquinho da história dos tecidos. Respondam-me, quem nunca precisou ir a uma loja especializada para comprar pelo menos um metro de tecido?

— Moço é aquele brilhoso pra fazer um vestido de festa!

— moça é aquele tecido mais grosso pra fazer calça!

Hehehe é engraçado mesmo! Eu sei porque já fiz muito isso, antes, é claro, de conhece-los com maior profundidade.

Enfim meus caros, o tecido é um dos artigos principais da moda e também um dos mais antigos. A princípio o homem das cavernas utilizava a pele dos animais para se proteger e também por achar que poderia obter a mesma força do animal morto por ele! Depois de certo tempo o homem foi aprendendo a tecer com os dedos as fibras vegetais para fazer artigos de cestaria, e então ele percebeu que poderia tecer também para si mesmo, daí apareceram os primeiros registros de tecidos. O homem criou o tear para facilitar o seu trabalho.

Para tecer é preciso entrelaçar um fio a outro, sendo que um está na vertical e se chama urdume e o outro fica na horizontal e é chamado de trama, estes dão o formato do tecido de acordo é claro com o tipo de armação escolhida para o tecido a ser confeccionado que pode ser a armação cetim, sarja ou tafetá

Antes de virar tecido as fibras passam por muitos processos, tem que ser limpas, estiradas e torcidas, passando por várias máquinas para só depois poder passar para o tear e sair em forma de tecido! Elas podem ser de origem natural: animal e vegetal; químicas: artificiais ou sintéticas ou um misto das mesmas o que geralmente é mais provável de se encontrar é só olhar na etiqueta das suas roupas!

Existe uma classificação para os tecidos, pegue nota!

Tecidos planos: são aqueles das armações que havia falado antes e podem se encaixar dentro de uma dessas especificações:

Podem ser lisos, ou seja, sem estampas;

Jacquard feito de fios multicoloridos formando desenhos complexos;

Ou estampados, são pintados depois de prontos e só podem ser vistos do lado direito do tecido.

Tem também os de malha, que são obtidos através do entrelaçamento por laçadas, como um crochê. Elas são muito confortáveis por serem feitas através de laçadas se adequam melhor ao corpo.

E por último os não tecidos que são criados através da aglomeração das fibras, estas não se entrelaçam e são unidas por processos químicos formando uma folha contínua.

Espero que tenham gostado e conhecido um pouquinho mais sobre o que veste vocês, eu lhes digo que é um mundo fascinante o dos tecidos e é sempre bom saber a origem das coisas que passam o tempo todo com a gente, desde o nascimento até a morte!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: