Meu Walkman

30 jan

Silence 4

 

Quero pedir desculpas aos leitores por a matéria de hoje sair tão tarde, mas aconteceram imprevisto e só agora pude postar! Mas para recompensa-los vou falar de banda bacana que pouca gente conhece. Vou Falar do Silence 4, conheci essa banda através de minha prima no final dos anos 90. O que é mais bacana disso tudo, alem do som deles é claro, é fato de ser uma banda portuguesa que canta na maioria das vezes em inglês. Mas vou lhes confessar que me apaixonei de primeira por eles.

O vocalista David Fonseca tem uma linda voz e a Sofia Lisboa também. Quando eu ouvi o sucesso do Erasure, A Little Respect na voz deles, pronto! Gamei pela banda. Mas existem outras canções deles que gosto muito, como Borrow, Angel Song, Breeders, My Friends, Old Letters. Infelizmente eles acabaram, mas pelo menos ficou seus sucessos para nós curtimos. Recomendo ouvi-los durante uma viagem, é muito bom!

Clipes:

Depois de ver esses vídeos deles, você não começar a gostar da banda é porque …. Deixa para lá, bem as músicas são boas, tanto vocal como som da banda.

História da Banda

Tudo começou em 1995. O David e o Tozé já se conheciam e costumavam tocar juntos. Numa ocasião, o David mostrou as suas cassetes a Carlos Matos, dono de uma loja demúsica alternativa em Leiria. Ele gostou bastante e a ideia de formar uma banda era cada vez mais forte. Algum tempo antes, David tinha ouvido a Sofia a cantar num bar e tinha-lhe proposto a formação de uma banda. Sofia não ficou muito convencida, porque naquela altura os convites não faltavam, mas nunca era nada concretizado. Exactamente um ano após este encontro, David voltou a contactar a Sofia, dizendo que tinha chegado a altura de formar a banda.

Começaram a tocar com péssimas condições técnicas. Após algum tempo, Rui Costa foi convidado para se juntar à banda. Começou por lhes dizer que o som era péssimo. Então propôs uma experiência: que se desligassem os amplificadores e que tocassem assim, naturalmente. Para se ouvirem teriam de estar todos em silêncio, daí o “Silence” do nome da banda.

Enviaram uma maquete para o jornal Blitz, ganhando alguma notoriedade. Concorreram aoFestival Termómetro Unplugged e ganharam. Receberam de prémio 500.000$00 (cerca de € 2500), os quais foram todos gastos em gravações de maquetas. Quando foram tentar a sua sorte nas editoras, a resposta era sempre a mesma: cantar em Inglês, nem pensar.

Recusando ceder às exigências das editoras que queriam o disco todo em português, acabaram por ser convidados para gravar uma versão de uma canção dos Erasure, “A little respect” para a compilação “Sons de Todas as Cores” (1998). Pouco tempo depois o tema começa a ter sucesso em algumas estações de rádio mais importantes.

A Polygram (actual Universal), acabou por aceitá-los, embora com algumas restrições: orçamento mínimo (5 mil contos) e só receberiam «royalties» a partir dos 10 mil discos vendidos. Foi assim que surgiu o disco de estreia, “Silence Becomes It”, que alcançou, contra todas as expectativas, a quintupla platina, passando vários meses em número 1 do Top Nacional. Este CD teve a participação de Sérgio Godinho.

Começaram a digressão por todo o país, durante a qual fizeram 90 concertos em 6 meses. No dia 18 de Dezembro, realizaram o mítico concerto no Pavilhão Multiusos para uma grande multidão. Durante 1999 continuaram a digressão, embora com menos concertos.

Seguiu-se um período de ausência, durante o qual se refugiaram em Londres, longe de todas as pressões. Foi nos estúdios Ridge Farm que nasceu “Only Pain Is Real”. Neste segundo disco utilizaram piano e simuladores de orquestra. Este segundo álbum foi estreado em Leiria (2000) e atingiu a platina após 2 semanas. Fazem uma nova digressão, durante a qual realizaram mais de 100 concertos. A tour de 2000terminou com dois concertos únicos no Coliseu dos Recreios (19 e 20 de Dezembro) que marcaram a memória dos presentes.

O grupo acaba com os seus elementos a enveredarem por outras iniciativas.

A editora Universal lançou, no dia 29 de Novembro de 2004, um duplo CD e DVD com o registo das duas noites de concerto no Coliseu dos Recreios, nos dias 19 e 20 de Dezembro de 2000.

Discografia

1998 – Silence Becomes It


2000 – Only Pain Is Real


2000 – Only pain Is Real:The Remixes (EP)


2004 – Ao Vivo: Coliseu Dos Recreios

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: