Cajon de Sastre – Seriado

4 mar

OZ

Comecei a ver essa série pela Tv, no canal aberto SBT. Nem sei explicar o que me encantou no OZ, mas curto mesmo ver os episódios, acho que pelo fato de ser mais real, apesar da penitenciária ser mais limpinha e sem frescura, acho atraente o convívio dos personagens. Como eu disse, não sei explicar o fato das pessoas curtirem ver violência gratuita, se bem que eu mal via e na própria série não se mostrava violência explicita, deixava subentendida que de certa forma era chocante também. Acho que é porque tem politicagem e também porque OZ parece um pouco com filmes de mafiosos que é um gênero que me chama muito a atenção.

 Abertura

Nunca assistir na sequencia, sempre foi episódios soltos, mas acabava pegando o fio da meada. E mesmo sendo 6 temporadas, creio que mostrou mais ou menos como é dia a dia dos presos e o minimo que pode ocorrer nesses lugares. Mesmo sendo fictício, achei profundo.

História

O seriado se passa dentro da prisão de segurança máxima Oswald dirigida por Leo Glynn , e suas respectivas unidades, tais como: unidade B (prisão geral), unidade J (unidade dos policias), GenPop (População Geral), solitária, entre outras. Mas o enredo principal gira em torno de Emerald City, uma unidade experimental idealizada e projetada pelo seu diretorTim MacManus, que não mede esforços para melhorar a vida dos prisioneiros, em alguns casos indo até mesmo contra o diretor da prisão Leo Glynn, acreditando que todos os presos têm recuperação. Em Emerald City, os presos têm mais liberdade do que em outras unidades de Oz, mas essa liberdade tem regras, é proibido sexo, drogas, brigas e algazarra. Tudo é controlado, desde a hora em que as celas são abertas – as 7h da manhã até a hora em que os presos são trancados novamente – às 17h, porém as luzes são apagadas apenas as 22:00 hrs. Em Emerald City também é obrigatório praticar atividades físicas e trabalhar nos mais variados tipos de serviços, como na manutenção da limpeza, na cozinha fazendo e distribuindo as refeições, na separação e distribuição de correspondências, na enfermaria auxiliando os enfermeiros na higiene dos pacientes, na fábrica de uniformes, entre outras atividades. Muitos dos criminosos mais perigosos do país são enviados para Oz, gangues e grupos são formados, o que faz com que cada unidade seja um barril de pólvora, com diferenças étnicas e religiosas entre os prisioneiros, que geram constantes conflitos resultando em brigas e mortes.

Todo episódio de Oz é narrado pelo prisioneiro Augustus Hill (com exceção da última temporada , onde em alguns episódios outros presos são responsáveis pela narração). Porém , essa narração não é diretamente ligada aos fatos que ocorrem dentro da prisão. Na maioria das vezes , a narração usa exemplos de assuntos totalmente diferentes aos temas abordados na série , ou seja , à primeira vista essas narrações podem parecer confusas e sem lógica , mas as mensagens passadas se encaixam perfeitamente com o que acontece dentro dos muros de Oz. Augustus Hill é um detento que foi preso por assassinar um policial , e também é o narrador do seriado , mas pode se dizer que são dois personagens diferentes , O prisioneiro não é diferente dos outros detentos , vive encarcerado e temendo pela sua vida todos os dias , já o narrador vê as coisas com outros olhos , é basicamente um espectador. Ou seja , esses dois (apesar de serem vividos pelo mesmo ator) não têm nenhuma relação entre si.

 

Gangues

Cada prisioneiro que chega em Oz tem suas próprias crenças , e vive do modo que julga ser o correto. Ao chegar em Em city , um “padrinho” é nomeado para cada detento , para ajudar os novatos a se acostumarem com as regras e a vida na prisão. Geralmente , os novos detentos têm as mesmas crenças que o padrinho escolhido , ou seja , são da mesma gangue. Existem Diversas gangues em Oz , com suas próprias crenças e visões do que é certo e o que é errado. Algumas gangues só querem viver sem se envolver em confusão , como a gangue dos gays , a guangue dos muçulmanos e a gangue “dos outros” , que é composta por prisioneiros que não se encaixam no perfil das outras gangues. Mas em Oz a maioria das gangues brigam o tempo todo para ter o domínio da prisão , em relação ao respeito , tráfico de drogas e superioridade em geral , como os latinos , os arianos , os negros e os italianos , existem também a gangue dos motoqueiros e a dos irlandeses , que são de menor importância já que são mais independentes e não se envolvem tanto em confusões como as outras.

  • Latinos : Durante a série teve como principal líder Enrique Morales que assumiu a liderança dos latinos assim que chegou a Oz. Outros latinos também foram líderes, como por exemplo: Miguel Alvarez e Raoul Hernandez, mais conhecido como El Cid. Trabalharam em conjunto com os italianos e com os negros no tráfico de drogas de Em City , mais tarde passaram a ser uma espécie de aliados dos italianos contra os negros comandados por Adebisi.
  • Italianos : Seu principal líder foi Chucky Pancamo. Outros italianos passaram pela liderança em Oz como: Nino Schibetta (morto por Adebisi e O’Reily), Peter Schibetta filho de Nino (Peter, quando já não liderava mais os italianos, foi morto por Chucky Pancamo, o atual líder, após ser convencido por Ryan O’Reily) e Antonio Nappa (Nappa foi contaminado com o virus HIV após Adebisi aplicar discretamente através de uma seringa o sangue contaminado de um doente porém ele foi morto por ordem do próprio Pancamo). Os italianos eram muito unidos e representavam a máfia da série , trabalhavam no tráfico de drogas em conjunto com outras gangues , não tinham reais inimigos , mas vez ou outra se envolviam em confusão para proteger seus negócios (tráfico de drogas) .
  • Arianos : Foi a única gangue que teve apenas um líder em toda a série , Vern Schillinger , seu braço direito era James Robson. Os arianos tentam conseguir respeito e poder através da violência , fazendo com que sejam uma das gangues mais violentas de Oz. Por serem nazistas , acreditavam que eram superiores ao resto dos grupos , por isso não tinham verdadeiros aliados e inimigos , apenas se uniam com os motoqueiros em raras ocasiões , e abominavam os negros e os gays.
  • Negros : Simon Adebisi foi o líder mais temido e importante dos negros. Outros negros também chegaram a ser líderes em Oz, foram eles: Jefferson Keane (convertido ao Islã por Said antes de morrer), Kenny Wangler, o Poeta e por fim Burr Redding. Também estavam envolvidos no tráfico de drogas , era uma gangue violenta e muito temida pelo resto da prisão , viviam entrando em guerra com outras gangues , mas seus principais inimigos sem dúvida eram os nazistas , seus aliados eram os latinos e os italianos , mas somente no que se diz respeito a negócios.
  • Muçulmanos : Buscando fazer justiça e com uma forte personalidade , o principal líder foi Kareem Said , Zahir Arif e Hamid Khantambém chegaram a liderar. É um dos grupos mais neutros de Oz , guiados pela fé em Alá , passavam a maior parte do tempo rezando , convertendo novos seguidores para o islã e abominando atos que sua religião não permitia , como violência , atos homossexuais e injustiças em geral , mas longe de se envolverem em grandes confusões , por esse motivo não tinham reais inimigos e aliados.
  • Os outros : É o grupo mais diversificado de Oz , por possuir membros com crenças e ideologias diferentes , cada membro era seu próprio líder e possuías seus aliados e inimigos pessoais , raramente envolvendo outros membros do grupo. Mas de forma geral se dão bem com as outras gangues , vivendo sem arrumar maiores problemas, seus principais representantes eram:Tobias BeecherAugustus HillRyan O’ReillyCyril O’ReillyBob RebadowAgamenon Busmalis e mais tarde Chris Keller, que entrou em Oz como aliado de Schillinger porém sem seguir a ideologia ariana.

Staff

  • Diretor da prisão : Cabe a Leo Glynn a difícil tarefa de manter a prisão sobre controle , contando com o apoio (ou pressão) do governador James Devlin. Por ser responsável por tomar importantes decisões todos os dias , Leo é radical e inflexível , fazendo com que muitos o contestem em algumas de suas atitudes.
  • Diretor de Em City : Apesar de em alguns casos discordar de Leo Glynn , Tim MacManus conta com seu apoio para administrar a unidade que ele mesmo projetou. MacManus têm como foco melhorar a vida dos prisioneiros , acreditando que através de todo um longo processo de recuperação , é possível tornar assassinos condenados em cidadãos decentes. Devido a esse fato , alguns o vêem como o “bom samaritano” de Oz , e alguns o vêem como alguém que vive em um mundo imaginário , onde a realidade é outra.
  • C.O. (Corrections Officers) : Agentes que andam armados apenas com cacetete e possuem a função de manter os presos na linha , obrigando-os a seguirem as regras , evitando possíveis conflitos entre os detentos.
  • S.O.R.T. : É um batalhão especial fortemente armado , composto de agentes preparados para atuar em situações extremas , são requisitados quando a situação foge do controle dos C.O..
  • Acompanhamento psicológico : É responsabilidade da Irmã Peter Marie , que procura resolver os problemas psicológicos dos detentos , orientando-os com consultas , programas para afastamento das drogas , mesmo que na maioria dos casos seu trabalho não surta muito efeito , ela tenta aliviar a tensão com palavras ao invés de armas.
  • Acompanhamento religioso : Padre Ray Mukada era um jovem promissor , mas devido ao seu grande ego , o cardeal o enviou para Oz como espécie de punição , desde então , Mukada é o responsável por inserir a religião num ambiente hostil , sendo responsável por missas , funerais e absolver os prisioneiros em suas confissões , em alguns casos trabalhando em conjunto com Peter Marie.
  • Enfermaria : A doutora Gloria Nathan é a chefe da ala hospitalar de Oz , e conta com outros médicos para dar aos detentos os cuidados médicos necessários , desde casos simples como uma gripe , a casos mais graves como ferimentos a faca e fraturas. Como a ala hospitalar não possui suporte para cirurgias , em casos cirúrgicos os presos são operados no hospital Benchley Memorial. Gloria trabalha com dedicação e compaixão , sendo muito gentil , e isso faz com que em alguns casos ela questione sua própria profissão e a escolha de trabalhar num ambiente tão hostil.

Personagens principais

Personagens secundários

  • Arnold Jackson (muMs)
  • Kenny Wangler (J.D. Williams)
  • Agamemnon Busmalis (Tom Mardirosian)
  • Shirley Bellinger (Kathryn Erbe)
  • James Robson (R.E. Rodgers)
  • Cyril O’Reilly (Scott William Winters)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: