Cajon de Sastre

9 mar

Jeff Bridges

Quem assistiu Tron: O Legado no final de 2010 e Bravura Indômita no ano passado, mesmo sem acompanhar a carreira desse ator, sentiu o quanto ele trabalha bem. Mas para quem o acompanha desde o primeiro Tron e Starman – O homem das estrelas isso não foi nenhuma novidade sua fama crescer mais ainda com esses filmes. Faz tempinho que sou fã do ator Jeff Bridges, que desculpem os caras, mas mesmo envelhecendo continua lindo. E por falar nisso quero parabenizar os efeitos especiais e maquiagem de Tron – O Legado, putz ele rejuvenesceu mesmo no filme, são essas coisas que me fazem amar o cinema.

Aliais Jeff Bridges está cada ano trabalhando melhor, se é que isso é possível. Amei o filme que ele fez com George Clooney, Os Homens que encaravam cabras, muito bacana mesmo. Por todo seu talento e filmes trabalhados escolhi ele para ser falando aqui no Nativa, ainda não vi O Grande Lebowski, mas ouvi falar muito bem dele. Creio que todo mundo conhece ao menos um filme dele.

Alguns trailers

Biografia

Jeffrey Leon Bridges nasceu em Los Angeles, Califórnia, no dia 4 de dezembro de 1949. Na juventude pertenceu à Guarda Costeira dos Estados Unidos.

Filho do também famoso ator Lloyd Bridges e da poetisa Dorothy Simpson, possui uma estrela na Calçada da Fama.

Bridges começou o seu primeiro papel se destacando como um policial em 1969, comSilent Night, Lonely Night. Em 1971 surgiu a grande oportunidade para Jeff viver o personagem Duanne em The Last Picture Show (A Última Sessão de Cinema), realizado pelo crítico e diretor Peter Bodganovich.

Nos década de 1970 e 80, foi o protagonista de aventuras como King KongTron (Tron – Uma odisséia eletrônica) e Starman (Starman – O homem das estrelas). Esses trabalhos fizeram com que fosse finalista para o Oscar de Melhor Ator de 1984. Na década de 80 Jeff passou a atuar em filmes mais ambiciosos como Jagged Edge (O fio da suspeita), comGlenn Close, The Morning After (A Manhã Seguinte), com Jane Fonda, e Tucker: The Man and His Dream (Tucker – Um Homem e seu Sonho), de Francis Ford Coppola. Mais tarde, obteve êxito fazendo parceria com o irmão Beau em The Fabulous Baker Boys(Susie e os Baker Boys), ao lado de Michelle Pfeiffer. Jeff é capaz de aparecer sem o menor glamour em filmes como The Fisher King (O Pescador de Ilusões) e The Big Lebowski (O Grande Lebowski), e extremamente bem vestido em The Mirror Has Two Faces (O Espelho tem duas Faces), ao lado de Barbra Streisand.

Sua personificação de Jeffrey Lebowski no filme O Grande Lebowski (1998) está na 55ª posição da Premiere Magazine, como uma das 100 Maiores Caracterizações do Cinema de Todos os Tempos. Foi indicado ao Oscar de melhor ator em 1984, por sua atuação em Starman – O homem das estrelas. Foi indicado três vezes ao Oscar de melhor ator coadjuvante: em 1971, por The Last Picture Show, em 1974, por Thunderbolt and Lightfoot e em 2001, por The Contender. Possui uma estrela na Calçada da Fama, localizada em 7065 Hollywood Boulevard.

Apesar de ter tido essas nomeações, somente em 2010 Bridges conseguiria alcançar o almejado prémio com o filme Crazy Heart (Coração Louco) de Scott Cooper, no qual desempenha o papel de um cantor com problemas alcoólicos que já foi uma estrela da música country e que tenta recomeçar a vida; para além de ter ganho o Oscar de Melhor Ator (principal), venceu um Globo de Ouro de Melhor Ator (filme dramático) e o SAG Award para Melhor Ator (principal) em cinema.

Em 2011, Jeff Bridges recebeu sua terceira indicação ao Oscar de melhor ator pelo trabalho que fez em True Grit (Bravura Indômita), de Joel e Ethan Coen, que já o haviam dirigido antes em O Grande Lebowski. O filme traz Bridges no papel do xerife beberrão Rooster Cogburn no western ambientado na era pós-Guerra Civil Americana, uma virada de 180 graus em relação ao seu papel recente de ás da tecnologia preso em uma armadilha computadorizada que ele mesmo criou no futurista Tron: Legacy (Tron: O Legado).

Filmografia

1971 – A Última Sessão de Cinema
1972 – Cidade das ilusões
1972 – Bad Company
1973 – O Importante é Vencer
1974 – O Último Golpe
1976 – King Kong
1976 – O Guarda-Costas
1979 – Morte no Inverno
1980 – As Portas do Céu
1982 – Tron – Uma Odisséia Eletrônica
1982 – O Último Unicórnio
1982 – Meu Adorável Fantasma
1984 – Starman – O Homem das Estrelas
1984 – Paixões violentas
1985 – O Fio da Suspeita
1986 – Morrer Mil Vezes
1986 – A Manhã Seguinte
1987 – Nadine – Um Amor à Prova de Balas
1988 – Tucker – Um Homem e seu Sonho
1989 – Susie e os Baker Boys
1990 – Texasville – A Última Sessão de Cinema Continua
1991 – O Pescador de Ilusões
1992 – Nada a Perder
1993 – O Silêncio do Lago
1993 – Sem Medo de Viver
1994 – Contagem Regressiva
1995 – Wild Bill
1996 – O Espelho Tem Duas Faces
1996 – Tormenta
1998 – O Grande Lebowsky
1999 – O Suspeito da Rua Arlington
1999 – Simpático
2000 – A Conspiração
2001 – K-Pax – O Caminho da Luz
2001 – Scenes of the Crime
2003 – Masked and Anonymous
2003 – Alma de Herói
2004 – Provocação
2005 – The Moguls
2005 – Tideland – O Mundo ao Contrário
2006 – Stick It!
2007 – Tá Dando Onda) (voz)
2008 – Um Louco Apaixonado
2008 – Homem de Ferro
2009 – Coração Louco
2009 – Os Homens que encaravam cabras
2010 – Tron: O Legado
2010 – Bravura Indômita

Anúncios

2 Respostas to “Cajon de Sastre”

  1. N(A)tiva 10/03/2012 às 04:53 #

    Sem demagogia depois de escrever a matéria dele, deu vontade de ver todos os filmes!!! Fã demais

Trackbacks/Pingbacks

  1. Family Guy Season 10 Episode 13 – Tom Tucker: The Man and His Dream | watch-tv-series - 15/03/2012

    […] Guy S10E13 HDTV XviD-LOL – Release TunnelView Killer Queen Family Guy Season-010 EP16Cajon de Sastre .recentcomments a{display:inline !important;padding:0 !important;margin:0 […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: