Meu Walkman

7 maio

Patrícia Marx

Resolvi fazer algo diferente hoje, acredito que muita gente se lembra do grupo infantil Trem da Alegria, seus integrantes cresceram e seguiram como cantores ou não, e como era super fã de quatro deles vou falar deles no Meu Walkman, começando pela Patrícia, mais conhecida como Patrícia Marx, ela tem uma voz linda e seguiu carreira como cantora, estudou fora para aprimorar seu canto e ainda continua cantando, fazendo mais sucesso lá fora.

Músicas

Biografia

Em 1987 Patricia deixou o Trem da Alegria e iniciou carreira solo, com a música “Festa do amor”. Seu disco de estreia chegou a vender mais de 350 mil cópias. Com o produtor MIchael Sullivan, gravou mais dois discos, Patricia(1988) e Incertezas (1990), que continham os sucessos “Certo ou errado“, “Doçura“, “Sonho de amor” e “Destino“, entre outros.

Em 1992, gravou o CD Neoclássico, que foi lançado no Brasil e no Japão, com clássicos da MPB e bossa nova.

Em 1994, mudou o nome artístico para Patricia Marx e, produzida por Nelson Motta, renovou o repertório e assumiu uma imagem mais coerente com o repertório do pop dançante. Lançou os discos Ficar com você (1994), Quero mais (1995) e Charme do mundo (1998), com sucessos como “Ficar com vocꔓc”“Espelho d’agua” e “Sei que você não vai”.

Ficou quatro anos afastada dos palcos e dos estúdios, período em que se casou, teve filho, virou vegetariana e converteu-se ao budismo. Voltou em 2002 com o álbum Respirar, pela Trama. Três anos depois, gravou Patricia Marx e fez várias turnês pela Europa, onde seu trabalho teve ótima aceitação.

Em 2007, fez show tributo a Billie Holiday e Elizeth Cardoso.

Em 2009 ela resolve fazer um projeto especial com seu marido Bruno E. em homenagem à MPB das décadas de 60 e 70, num álbum totalmente acústico e diferente de todos os que já fez. Neste álbum, intitulado “Patricia Marx & Bruno E.”, os dois se voltam à canção e buscam inspiração na música brasileira das décadas de 60 e 70 – em linguagens como o samba-jazz , o afro-samba de Baden Powell e Vinícius de Morais, além de outras influências. A presença do violão é marcante neste disco como era na MPB daquela época. Eles regravam uma das grandes obras da música brasileira que é a “Passaredo” de Chico Buarque e Francis Hime. Participa também deste álbum o mestre do samba paulistano Osvaldinho da Cuíca na faixa “Carnaval de Ilusão” em que é co-autor com a Patricia.

A linguagem da soul music dos discos anteriores é mantida na música “You´re Free”. Nela, participa o cantor e tecladista nigeriano Xantoné Blacq, ex-tecladista da cantora Amy Winehouse e parceiro de Bruno E. do seu disco anterior “Alma Sessions”.

Uma novidade neste disco é a influência da música folk norte-americana presente na música “Three Short Stories”. O destaque nesta música fica por conta dos arranjos de cordas feitos pelo músico e arranjador Renato Lemos parceiro de André Abujamra em muitas produções.

O CD foi produzido, mas somente lançado em Outubro de 2010 por eles mesmos pelo selo deles – o Urubu Jazz. Para o lançamento deste ábum, a dupla também produziu e dirigiu um DVD que conta a história deste disco. O DVD contém vídeos musicais de versões “acústicas” e diferentes das músicas do CD, depoimentos dos músicos participantes e o videoclipe da música “Three Short Stories”.

O Trem na Xuxa (Patrícia e os ex integrantes do Trem da Alegria adultos)

Discografia Solo

Paty   1987


Patrícia    1988


Incertezas    1991


Neoclássico (Lançado também no Japão)    1992


Ficar com Você    1994


Quero mais    1995


Charme do Mundo    1997


Millenium    1999


Respirar    2002


Nu Soul (Lançado na Europa)    2004


Patricia Marx    2005


Patricia Marx & Bruno E.    2010

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: