Caixa Preta

21 jul

Relações e Preços

Sabe quando nós nos envolvemos com as pessoas acabamos criando um certo tipo de dote a ser pago, do que estou falando? Estou falando do que podemos e o que não podemos fazer pelas pessoas que convivemos socialmente. Sabe aquele favor, aquele sacrifício? Pois bem, nem sempre se é possível fazer tudo que a pessoa lhe pede, mas nem todo mundo entendi isso.  Não é verdade?! As pessoas querem o suor, as lagrimas e se possível o sangue.

Isso acontece muito no nosso emprego, os patrões pensam que por pagar você, seu tempo lhe é totalmente disponível. Nunca engoli que nós somos a alma da empresa, porque essa máxima só é verdadeira quando a relação é do patrão com empregado, quando é a vez do empregado, isso cai por terra. É como aquele ditado: Venha nós mas vosso reino nada! Acontece que essa afirmação também é verdadeira quando falamos de algumas pessoas que adoram pedir favor, mas nunca estão disponíveis para nos ajudar.

Acho bacana também quem escolhe com quem deve ser prestativo. Aquela pessoa que é totalmente disponível para alguns mas para outros ela é imprestável. Devemos ajudar as pessoas, selecionar sim, mas baseado em quem te serve também. Porque é injusto você fazer tudo por alguém e essa pessoa nunca poder fazer nada por você mas para certos amigos ela pode.

É certo cobrar um favor? Será que sempre que fazemos algo devemos esperar o mesmo? Acho que quem vive de esperar dos outros deve ser o maior frustado da face da terra. Acredito que devemos fazer sem esperar nada, porque o que vier é lucro. E favor não se cobra, mas também não se faz a quem não merece.

Há relações baseada em toma lá da cá, mas ninguém sabe se isso funciona de fato porque creio que não seja amizade verdadeira. Amizade é fazer porque se ama e fazer quando se pode e se não puder, paciência. Agora na questão de trabalho, o interesse tem que ser visado de fato e o empregado tem que ver até que ponto ele tá sendo explorado. Favor não se faz a patrão, só se ele for seu amigo mesmo, coisa que eu não acredito existir, mas sempre lembre das suas horas extras, fique esperto. Para depois não ser prejudicado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: