Caixa Preta

29 set

Tentando Evitar a Fadiga nesse Mundo Cão

A gente muitas vezes tem que se deparar com situações que preferíamos evitar, aliais pessoas também. Tem uma frase que cabe bem aqui, “devemos nos aproximar de quem nos acrescente e não nos sugue”, pois é quando vemos as coisas por esse prisma entendemos que nem tudo vale a pena. Se for possível evitar a fadiga como o Jaiminho do Chavez, porque não?!

Não acho que devamos ser o mártir e sempre oferecer a cabeça a premio só para parecer civilizado, você pode evitar a convivência com pessoas nocivas ou nefastas é a melhor pedida. Até porque evita situações constrangedoras como disse a principio. Tipo, fulano bebe e solta aquela velha piadinha, aquela que está engasgada. Ou faz aquele papelão porque quer mostrar que pode mais que você. Afinal nem todo mundo sabe ter postura.

Ainda não entendi, quem sabe um dia consiga compreender, porque as pessoas incitem em ter amizade com gente falsa. Já me disseram que era por questão de convívio social, que não tem como evitamos, afinal existe as convenções sociais, sua amiga que é casada com aquele mala sem alças que não dar para aturar, mas que você atura devido a consideração a ela.

Devemos fazer o que? Amamos nossos amigos mas toda amizade nos envolve com outras pessoas que nem sempre são pessoas que valem a pena, pessoas que só aparentam ser gente bacana mas que no fundo só tem algo incomum, a falsidade.

Por exemplo em nosso trabalho, temos que aturar infelizmente, mas porque lá não escolhemos nosso circulo social. Mas porque aturar no dia a dia esses vampiros de nossas energias? Encontrei um site que dar dicas de como evitar esse povo falso no trabalho:

Como identificar e afastar as falsas amizades no trabalho

Quem nunca passou por uma decepção com pessoas no ambiente de trabalho? Por mais triste que pareça a realidade, existem falsas amizades também no mundo corporativo. A boa notícia é que elas podem ser identificadas com clareza.

De acordo com o consultor da Manager Assessoria em Recursos Humanos, José Antônio Rosa, a falsa amizade pode ser notada pelo comportamento, como alguém que jura amizade, mas prejudica de maneira consciente ou inconsciente o próximo.

É possível identificá-la pela fala. “Tóxicas, que trazem veneno, escorregadias e com bajulação barata”. E, ainda, pelo que o corpo indica: o olhar de inveja ou a testa enrugada pela presença do outro. “Tudo isso é perceptível, mas a pessoas precisam aguçar a intuição”.

Quem são elas?
Segundo o psicólogo Alexandre Bez, a falsa amizade se aproxima porque você possui algo que lhe desperta desejo, como um objeto de valor, um cargo bom ou até uma outra pessoa com quem se relaciona.

Geralmente, os falsos não são nem pessoas muito jovens nem muito maduras: a faixa etária é entre 16 e 35 anos. “Nessa idade, a pessoa está crescendo, desenvolvendo sua personalidade e, ao mesmo tempo, deixando de lado sua inocência”, disse Bez.

Na amizade leal, acontece um crescimento mútuo entre as pessoas, o que não ocorre na falsa.



Como afastá-las?

Segundo o consultor da Manager, as falsas amizades devem ser tratadas com cortesia e distância social. “A pessoa deve evitar aproximação mais íntima e espontânea, mantendo-se fisicamente mais distante e formalmente mais protegida”.

A distância é importante porque, de acordo com ele, as falsas amizades podem prejudicar por meio de intrigas, calúnias e difamação. “Não são pessoas autênticas e propõem uma amizade que não sentem”.

De maneira alguma trate essas pessoas como inimigas. “O problema delas é pessoal com você, mas sempre que tiverem uma boa idéia devem ser aplaudidas e apoiadas. O interessado em proteger-se deve mirar o bem da organização, e não o outro como alvo”.

Agora, se houver dificuldades com os falsos amigos, o ideal é pedir ajuda em instâncias superiores.

Via: www.administradores.com.br

O importante é valorizamos nossos sentimentos e sexto sentido, se você acha que aquela pessoa só que não entra, não insista e preste atenção no seu local de trabalho ou estudo para não conviver com quem não tem nada de bom para oferecer e na verdade nem amigo é de verdade, se aproxima das pessoas somente para invejar e detonar os outros. Pior que hoje em dia nessas redes sociais a falsidade só se prolifera, a gente falsa reclamando de falsidade. Te adicionando, querendo sua amizade mas nunca troca uma palavra com você, muitas vezes é só para acompanhar sua vida.

O que esse povo quer é te acompanhar como novela e te invejar. Se passa de best friend e no fundo ficam só tem azarando (no sentido de jogar azar para tua vida mesmo).  Xô uruca!

Conhece o personagem Coxinha? Exatamente como ele, na tua frente é todo bonzinho e pelas costas mete a língua ou demostra para os outros que não gosta de você. Mas tem o contrario, que fica toda se achando e do nada se passa de tua amiga. Aff ¬¬

O Ministério de Saúde Espiritual adverte: Andar com gente falsa faz mal a saúde!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: