Eu Vivo Mal Humorada

9 out

Vida de Gado

Admirável Gado Novo

Zé Ramalho

Vocês que fazem parte dessa massa,
Que passa nos projetos, do futuro
É duro tanto ter que caminhar
E dar muito mais, do que receber.
E ter que demonstrar, sua coragem
A margem do que possa aparecer.
E ver que toda essa, engrenagem
Já sente a ferrugem, lhe comer.

Eh, ôô, vida de gado
Povo marcado, ê
Povo feliz
Eh, ôô, vida de gado
Povo marcado, ê
Povo feliz

Lá fora faz um tempo confortável
A vigilância cuida do normal
Os automóveis ouvem a notícia
Os homens a publicam no jornal
E correm através da madrugada
A única velhice que chegou
Demoram-se na beira da estrada
E passam a contar o que sobrou.

Eh, ôô, vida de gado
Povo marcado, ê
Povo feliz
Eh, ôô, vida de gado
Povo marcado, ê
Povo feliz

O povo, foge da ignorância
Apesar de viver tão perto dela
E sonham com melhores, tempos idos
Contemplam essa vida, numa cela
Esperam nova possibilidade
De verem esse mundo, se acabar
A arca de Noé, o dirigível
Não voam, nem se pode flutuar,
Não voam nem se pode flutuar,
Não voam nem se pode flutuar.

Eh, ôô, vida de gado
Povo marcado e,
Povo feliz
Eh, ôô, vida de gado
Povo marcado e,
Povo feliz

 

 

Depois de ler essa música qual a sensação que você sente? Se prestar bem atenção do que se trata a letra? Essa expressão que chama a grande massa que faz apenas parte de ciclo constante de exploração, pessoas sem opinião, desejo, que são levados algum agrado, que são compráveis ou que apenas não enxerga a valorização que eles tem como pessoas.

Essa música é bem rica, sua letra deixa claro a exploração que essas pessoas sofrem e continuam com sua vida de gado. Mas o que é ser gado?

São as pessoas que são levadas para abatedouro sem se tocar, que são ludibriadas, que se contentam em pastar em verde campo sem saber que serão apenas usadas. Aquele que é levado para onde quiserem.

Tem frase que diz que feliz é quem não tem consciência.  “Os ignorantes são mais felizes”. Essa frase atribuída à célebre escritora Clarice Lispector e mais tarde citada em uma música de Cazuza. Talvez essa frase seja verdadeira. Porque o homem tem que sempre compreender sua existência  o que há ao seu redor, essa constante necessidade de contestar tudo.

Se pensamos em nosso mundo moderno será que temos mais liberdade que antes? Ou será que os dominantes sempre encontram um meio de manipular a massa? De mascará as informações. Teve uma época que a igreja era senhora do saber e só fornecia o conhecimento que lhe convinha. Mas hoje será que a mídia não continua fazendo isso?

Acho que temos que está atentos para não sermos joguete de pessoas inescrupulosas que manipulam tudo que está ao seu redor para beneficio próprio. Então, devemos confiar ou não em quem está liderando nossa sociedade, nossas vidas. Se acha ainda livre?

Reflitam!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: