Cajon de Sastre – Dia das Crianças

12 out

O que os pais podem aprender com os filhos

Você ensina tudo o que pode a seu filho, que quer sempre aprender mais. Só que ele também pode ensinar coisas a você… Confira 11 lições que toda criança dá aos pais

Menina espiando por fresta

Aprenda a ser curiosa como as crianças e descubra as supresas agradáveis da vida

Crianças têm muito o que aprender, são seres inocentes e não sabem nada da vida. Mas basta ter um pouco de paciência e olho bem vivo para perceber que elas também podem ensinar valiosas lições aos adultos. “Tem gente que acha que adultos educam crianças, mas não vê que esse caminho é de mão dupla, ou seja, a inocência e a pureza infantis melhoram nosso papel como seres humanos”, certas atitudes dos pequenos podem fazer bem aos adultos e aponta o que a criança pode ensinar aos pais:

1. Seja CURIOSA
Para a criança, descobrir o mundo é uma necessidade. Já para o adulto, isso é uma opção. A cada dia surgem coisas novas para serem vistas. As crianças dão tapa, pegam nas coisas para vê-las mexer… Que tal seguir o exemplo delas? Com a curiosidade típica dos pequenos, você poderá descobrir nova cores, sabores e prazeres na sua vida…

2. Peça AJUDA
A criança pede ajuda pela necessidade de estar próxima a outra pessoa, ela não faz isso porque é frágil. Para os adultos, pedir ajuda é demonstração de fraqueza. Aprenda que solicitar qualquer tipo de ajuda não quer dizer que você seja fraca, significa simplesmente que não podemos tudo. Até por que, qual é o problema de precisarmos uns dos outros?

3. Seja SINCERA
A criança fala a verdade porque quer se expressar e não sabe mentir, enganar. Você também pode ser sincera, desde que não machuque as outras pessoas com a sua franqueza. Lembre-se: existem hora certa e palavras delicadas para um diálogo verdadeiro, nos bons relacionamentos.

Menina pintando o rostoExplore a criatividade: deixe a vida mais colorida, sem medo de ousar
Foto: Dreamstime

4. Seja CRIATIVA
Ao longo da vida, a pessoa pode perder a habilidade de inventar coisas. Isso porque a luta pela sobrevivência pede que adultos usem mais a razão do que as emoções. Mas sonhar com coisas impossíveis não é coisa de criança. Isso também faz bem aos adultos! Sonhe, deseje o impossível e viva mais feliz.

5. Tenha INOCÊNCIA
A criança olha tudo como se fosse a primeira vez. Já os adultos, muitas vezes, deixam de se relacionar com os outros porque perderam a inocência de aproveitar o momento. Seja mais aberta e menos maliciosa, julgue menos o outro e tente sorrir mais. E nunca perca a chance de aproveitar o aqui e agora.

6. GOSTE de si mesma 
A criança quer estar com quem gosta e descobrir a vida, porque ela sabe que é amada. Aprenda essa lição com ela e confie: seja como for, há gente que te ama e se preocupa com o que você sente e vive. E, acima de tudo, ame-se você também.

7. Demonstre os SENTIMENTOS
Os pequenos não têm medo de exibir suas fraquezas, eles apenas querem ser amados do jeitinho que são. Faça como eles e não tenha medo de beijar e abraçar quem você ama! Não sabemos por quanto tempo estaremos aqui, pra que perder tempo?

8. Tenha GARRA de viver
Por estar no começo da vida, a criança tem muito o que aprender. Lembre-se que, a cada dia, você terá um potencial inesgotável de coisas para fazer. Às vezes, você perde a vontade de viver porque está cansada da sua rotina. Nessa hora, pense: amanhã será um dia diferente. E faça isso se realizar!

9. Tenha mais ENTUSIASMO
Ela está descobrindo o mundo a cada dia! Por que você não pode redescobrir o mundo todos os dias? Assim, consegue entusiasmo para cumprir todas as suas obrigações. Acredite que todo dia é novo e que você pode ter inúmeras surpresas.

10. Faça o BEM
A criança quer o melhor. Ela sonha com família unida, festa, comidas diferentes e presentes. Os adultos também podem olhar as festas natalinas, por exemplo, com o coração puro. Dá pra aprender que essa data não é só troca de presentes, mas, também, uma chance de perdoar alguém.

11. Seja NATURAL
Conforme vamos crescendo, deixamos de ser espontâneos. A criança dá risada quando tem vontade, chora quando quer comer. O adulto come muito porque está com ansiedade, e não por fome. Seja natural (e sincera com você mesma!) ao revelar as suas emoções.

Por Daniella Di Caprio Via http://mdemulher.abril.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: