Tag Archives: Família

Appetizers – Cinema

12 jan

Imagem

Assis um filme muito bacana com ator Hugh Jackman, Gigantes de Aço é filme que poderia ser de ação mas tem um toque dos filmes da Disney. Onde o senso de família prevalece nos filmes. Essa discrição pode parecer que achei o filme bobo, mas isso não é verdade. Quando digo isso é por causa  do enredo do filme, onde um pai sem o menor interesse pelo filho acaba cedendo ficar com ele para receber um valor X e com ele comprar um robô de luta novo. Durante esse convivência forçada os dois criam um laço a principio por causa do esporte, mas com tempo Charlie (Hugh Jackman) que é um ex-boxeador falido acaba percebendo que tem mais afinidades com filho que imaginava.

Com Evangeline Lilly, ex Kate do Lost, atriz que eu nunca mais tinha visto depois do final do seriado. Gigantes de Aço é dirigido por Shawn Levy. Gostei muito pela história e mais ainda pelo robos gigantes que fazem o sucesso não só dentro do filme mas também para o publico. Recomendo demais!!!

Caixa Preta

25 nov

Todas as relações humanas são difíceis, é proporcional a matar um boi por dia, porque temos gênios diferentes e mesmo com muito amor o ser humano tem sua taxa de egoísmo e nem sempre consegue fazer tudo que agrade a todos ao mesmo tempo. Mas não é só isso, ainda existe o fator que nós ao nascermos aprendemos desde cedo que somos amados, pelo menos é para ser assim, e que podemos sempre contar com nossos pais, ai vamos crescendo e com a convivência com irmãos ou amigos vemos que a história é bem diferente, até porque os valores infantis são completamente diferentes dos adultos.

Continue lendo

Cultura de Bolso

29 jul

O QUE MUDA QUANDO OS FILHOS NASCEM?

Dicas ajudam casais a curtir o bebê e encarar mudanças na relação


Antes da chegada do bebê você chegava em casa e tinha um tempinho para colocar a leitura em dia, assistir aquele programa a dois e sobrava até um pique extra para um jantar romântico num dia de semana. Agora você chega em casa, dá um beijo no seu filho e logo vai cuidar do jantar. A sua cara metade chega, cumprimenta você de longe, vai correndo para o quarto e vocês só se veem algumas horas depois. Se esse cenário lhe é familiar, é sinal de que tem algo errado acontecendo na sua relação. Será que é possível resgatar esses momentos gostosos da vida a dois? Tenho certeza que sim!

  Continue lendo

Cultura de Bolso

17 jul

12 PASSOS PARA HARMONIZAR SEU LAR

Dicas práticas de Feng Shui ajudam a circular a energia dos ambientes


Baguá ajuda a mapear a energia de sua casa

 

Continue lendo

Caixa Preta

2 jun

Parente… É Serpente

Hoje vou falar sobre os parentes, e o porque do titulo? Parentes são algo que não escolhemos, isso é fato. E nem sempre nos damos bem com essas pessoas que são sangue do seu sangue. Todo mundo vai concorda comigo quando eu digo que tem muito amigo que vale mais que um parente.

Continue lendo

Eu Vivo Mal Humorada

27 mar

A difícil façanha de lidar com os gênios das pessoas…

Faz tempinho que não escrevo para o Eu Vivo Mal Humorada e imaginei esse texto de N maneiras, mas hoje que realmente me estressei muito, achei apropriado escreve-lo de uma forma mais amena e de modo mais geral, depois claro, de ter me acalmado. Agora ouvido músicas que adoro posso escrever sobre esse assunto sem ser tendenciosa. O que realmente devemos admitir é que somos, nós seres humanos, criaturas extremamente complicadas, cheias de neuroses como explica a psicologia, e acabamos afetando diariamente as pessoas que convivemos com nossas reações adversas, nossos humores. Só com muito amor mesmo para aturar certas coisas. Acho que era por isso que Jesus disse logo “amai-vos uns aos outros como eu vos amei.” (Jo15, 9). Ele certamente tinha em mente a personalidade inconstante do homem. Ele mais que ninguém tem até experiencia pois conviveu com doze pessoas diferentes.

Continue lendo

Caixa Preta

25 fev

Esse sábado vou falar de assunto pesado mas que todas as pessoas passam e vivenciaram no final da vida. Vou falar da morte, da dor de perder um ente querido. Sei que é assunto triste para ser tratado em pleno sábado, mas a morte não avisa quando vai chegar. E mesmo não querendo pensar nela porque somos jovens sabemos que ela atingira todos nós mais cedo ou mais tarde. Temos que ter essa consciência. Afinal para morrer, basta tá vivo.

Continue lendo

%d blogueiros gostam disto: